Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Cícero, 50 anos, foi internado com história de edema generalizado há 4 meses. Negava dispnéia ou icterícia. Vinha trabalhando normalmente. Ao exame físico, demonstrava anasarca, corado, anictérico, PA=130/80 mmHg, FC=84 bpm. Sem sinais de congestão pulmonar ou de insuficiência cardíaca. No dia 4 de internação apresentou forte dor em hemitórax direito acompanhada de dipneia, cianose, PA=90/70 mmHg e FC=120 bpm. O Rx de tórax estava normal. As condutas para o esclarecimento diagnóstico do evento agudo e da doença de base são respectivamente:

A
arteriografia pulmonar e biópsia hepática
B
mapeamento pulmonar ventilação/perfusão e ecocardiograma
C
TC de tórax e biópsia renal
D
mapeamento pulmonar ventilação/perfusão e proteinúria de 24 horas
E
arteriografia pulmonar e biópsia renal
Você é médico e está atendendo uma criança cardiopata, vítima de um colapso súbito em um parque de diversões. Ela está arresponsiva, sem pulso palpável e sem respiração espontânea no momento. Qual das seguintes ações deverá ser realizada primeiramente?
Um menino de 3 anos de idade vem à consulta por queixas de dor após ter sido realizada tração forçada do prepúcio. Ao exame, a glande está exposta e edemaciada, bem como o prepúcio distal ao anel de constricção. Qual é a conduta inicial correta neste caso?
Pré-escolar de 4 anos com quadro febril iniciado há 12 horas evoluiu há 2 horas com uma convulsão clônica com duração de 20 minutos. Mãe levou à emergência onde encontrava-se alerta 30 minutos após crise e febril com temperatura de 39°C. Considerando o diagnóstico mais provável, é correto afirmar:
Homem de 34 anos caiu de uma árvore e teve fratura e luxação no cotovelo esquerdo. Exame físico: ausência de pulsos braquial, radial e ulnar, e perfusão da mão lentificada. A conduta é:
Compartilhar