Questão de Residência Médica
Com doença de Von Willebrand do tipo I, uma mulher de 29 anos tinha lesão pré-maligna de pele no pescoço e a cirurgiã plástica temia defrontar-se com hemorragia de difícil controle ao fazer a exérese. Entretanto, ela ficou mais tranquila ao ler a detalhada resposta ao parecer que solicitara, no qual eram elencadas as providências necessárias a aumento dos níveis séricos do VWF e melhora da hemostasia, mediante a utilização de:
Compartilhar