Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Hepatologia

Com relação à alfafetoproteína, podemos afirmar que:

A
é um marcador tumoral produzido por mutações específicas em oncogenes.
B
mais da metade dos pacientes com câncer pancreático têm níveis elevados.
C
sua utilização principal reside no diagnóstico do carcinoma hepatocelular.
D
é sintetizado por hepatócitos e tecidos derivados do ectoderma.
Recém-nascido com 15 dias de vida, com peso ao nascimento de 3.800 g e peso atual de 4.350 g, foi trazido ao ambulatório por apresentar coloração alaranjada da pele que atingiu face, tronco, abdômen e raiz dos membros. A mãe informou que a criança vinha sendo amamentada, exclusivamente, ao peito e que tanto ela como o filho eram O+. O valor obtido no bilicheck transcutâneo foi 13, razão pela qual encaminhou-se o paciente para internação no hospital. Os exames laboratoriais mostraram bilirrubina total de 19 mg% e hemoglobina de 16 g%. Qual o tipo de fototerapia mais adequado para o tratamento deste recém-nascido?
Adolescente, portadora de síndrome nefrótica resistente a tratamento com corticosteroide e ciclosporina, desenvolveu insuficiência renal crônica. Foi submetida a transplante renal e, imediatamente após, apresentou proteinúria maciça e edema generalizado. Qual o diagnóstico mais provável?
Primigesta de 22 anos de idade, com 8 semanas e 4 dias de idade gestacional, procura serviço de obstetrícia para iniciar seu pré-natal. Ao exame clínico, paciente apresenta exame físico e obstétrico normal. Exames complementares normais, porém apresentando sorologia positiva para HIV, confirmado por 2 testes e apresentado carga viral de 5.000 cópias/ml, que se manteve até o término da gestação. Qual a melhor conduta, quando a gestação estiver a termo e a paciente entrar em trabalho de parto?
No próximo item, é apresentada uma situação clínica hipotética envolvendo a interface da pediatria com a cirurgia pediátrica, seguida de uma assertiva a ser julgada. Uma criança do sexo masculino, com 6 meses de vida, foi admitida em um hospital com infecção urinária de repetição. Ao exame físico, observou-se um abdome em forma de ameixa e massas em topografia de rins. Uma uretrocistografia miccional mostrou volumosa hidronefrose, com dilatação pielocalicial e megaureter bilateral. Nessa situação, o diagnóstico clínico é de síndrome de Prune Belly e o diagnóstico radiológico é de refluxo vesicoureteral de grau IV.
Compartilhar