Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Com relação à hemorragia subaracnoidea analise as afirmativas abaixo e identifique qual não é verdadeira:

A
O declínio da hipertensão arterial sistêmica na população se acompanhou de marcada queda na incidência da hemorragia subaracnoidea.
B
Os fatores de risco incluem: tabagismo, abuso de álcool, drogas ilícitas, entre outros.
C
A principal causa dessa hemorragia é: ruptura de aneurismas saculares (congênitos).
D
O sintoma clássico é uma cefaleia intensa, de aparecimento súbito em geral descrita como “a pior dor de cabeça da minha vida”.
E
A angiografia cerebral continua a ser o estudo definitivo para fechar o diagnóstico de hemorragia subaracnoidea.
Nos casos de neuropatias decorrentes de hanseníase, é frequente a presença de espessamento de nervos:
Paciente masculino 21 anos, é trazido ao pronto-atendimento após impacto em região pré-tibial e tornozelo esquerdo. Ao exame físico da região pré-tibial observa-se: dor e crepitação óssea à palpação e deformidade óssea visível. No exame do tornozelo observa-se: dor, aumento de volume local e acentuada limitação funcional. Não houve possibilidade de verificar a mobilidade para o lado contrário do ligamento pela dor informada. Assinale a alternativa que contém os diagnósticos atribuídos a cada parte afetada e manejo inicial.
Um paciente de 65 anos, diagnosticado recentemente com artrite reumatoide, consulta por anemia de 6 meses de evolução. O hemograma mostra um Hb: 8.5 g/dl; VCM: 68 fl; leucócitos 7.250; plaquetas: 230.000/mm³; ferro 32 mcg/dl (N 50-150); ferritina: 500 ng/dl (N 20-250). Qual poderia ser a hipótese MAIS APROPRIADA para esta anemia?
A vacina BCG tem o seu efeito protetor mais evidente em qual forma de tuberculose?
Compartilhar