Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Obstetrícia

Hepatologia

Com relação à hepatite B em gestantes é CORRETO afirmar que:

A
A gestação favorece o aparecimento da infecção e agrava o curso da doença.
B
O diagnóstico diferencial deve ser feito com icterícia colestática, colelitíase, síndrome HELLP, fígado gorduroso agudo da gestação e farmacotoxicidade.
C
Os neonatos infectados pelo vírus têm 30% de chance de se tornarem portadores crônicos.
D
Se o rastreamento no pré-natal com o HBsAg for positivo, os recém nascidos devem receber apenas a imunoglobulina imediatamente após o nascimento.
Paciente de 62 anos, masculino, com insuficiência renal crônica terminal, ocasionada por nefropatia diabética, é internado por fratura de colo de fêmur. Apresenta os seguintes exames laboratoriais: cálcio sérico- 10,2 mg/dl; fósforo- 5,5 mg/dl e PTH (paratormônio) intacto de 22 pg/ml (valor de referência- 10-65 pg/ml). Durante a cirurgia, foi realizada uma biópsia óssea. O achado mais provável é de:
Com relação à asma, correlacione as colunas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I. Pico de fluxo expiratório (PFE) pré-broncodilatador entre 60 e 80% do previsto. II. Crises infrequentes, algumas requerendo curso de corticosteroide. III. Tratamento com beta-2 de curta duração, por via inalatória para alívio dos sintomas. IV. Tratamento com beta-2 de curta ação se necessário, corticosteroide inalatório, beta-2 de longa ação, antileucotrienos, xantinas e corticosteroide por via oral. V. Dispneia moderada com sibilos localizados ou difusos. VI. Pico de fluxo expiratório (PFE) menor que 30% previsto, Sat.O2 menor que 90%, PaCO2 maior que 45mmHg. ( ) Asma persistente leve. ( ) Asma persistente moderada. ( ) Asma intermitente. ( ) Crise de asma grave. ( ) Asma persistente grave. ( ) Crise de asma muito grave.
Das condições a seguir, qual apresenta risco mais baixo como predisponente para endocardite infecciosa?
Que afirmação está CORRETA com relação à síndrome de Lennox-Gastaut?
Compartilhar