Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hepatologia

Com relação à hepatite A, considerar as assertivas abaixo: I - A contaminação pelo vírus da hepatite A ocorre pela via fecal-oral. II - Nos países em desenvolvimento, cerca de 80% a 90% da população adulta possui anticorpos lgG anti-VHA. III - O vírus da hepatite A não torna seu portador crônico nem causa doença crônica. É (são) correta(s) a(s) assertiva(s):

A
Apenas a I.
B
Apenas a II.
C
Apenas a III.
D
Apenas a I e a II.
E
Todas as assertivas.
Paciente, masculino, 79 anos, negro, ex-tabagista (2 maços/dia), sabidamente hipertenso há 7 anos em uso regular de Losartana 50mg, evolui com quadro de moderada dor em quadrantes inferiores do abdome, parestesia de membros inferiores e claudicação intermitente. A descrição do exame fisico do abdome que corrobora o diagnóstico de Aneurisma de aorta abdominal é de uma massa:
Homem, 28 anos de idade, referiu presença há seis meses, de dor lombar que melhora com o movimento e piora com o repouso. É frequente acordar à noite devido à dor lombar. Ao exame físico, apresenta sinal de Patrick positivo à direita. O diagnóstico sindrômico e o melhor exame a ser solicitado para evidenciar o diagnóstico são:
Antonio Carlos, 35 anos, tem cirurgia eletiva programada devido à otoesclerose estapediana (estapedectomia). Mãe com diabetes tipo II e pai saudável. Exame físico: peso 91 kg, altura 1,80 m e circunferência abdominal 106 cm. PA 140 x 80 mmHg; PR 90 bpm. Aparelhos cardiovascular e respiratório sem alterações. Hérnia em região inguinocrural à direita, diagnosticada há cerca de 5 anos, assintomática. Exames: hemácias 4.980.000/mm³, Hb 15g/dl, Ht 45,4%, leucócitos 5500/mm³, plaquetas 320.000/mm³, TAP 100%, INR 1,0; glicemia 114 mg/dl, creatinina 1,3 mg/dl, (clearance creat 102 ml/min), ácido úrico 8,3 mg/dl, Na 140 mEq/l, K 4,7 mEq/l; triglicerídeos 160 mg/dl, HDL 35mg/dl, LDL 136 mg/dl; microalbuminúria 100 mg/24h. Níveis elevados de ácido úrico estão associados à obesidade, dislipidemia, hipertensão arterial sistêmica e diabetes. Um estudo, no qual 9.125 trabalhadores foram acompanhados por 23 anos, investigou a associação entre ácido úrico elevado e risco para doença coronariana. Os indivíduos com uricemia mais elevada tiveram risco maior de morrer por doença cardiovascular do que aqueles com ácido úrico mais baixo, sendo o risco relativo = 1,29 e IC 95% 1,05 - 1,58. Em relação ao perfil glicídico, a conduta é:
Qual é o efeito colateral mais comum relacionado com prostatectomia aberta?
Compartilhar