Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Com relação à hiperplasia prostática, assinale a alternativa INCORRETA:

A
O uso de vasoconstrictores nasais e outras drogas simpaticomiméticas como alguns antigripes pode melhorar os sintomas prostáticos.
B
Os antidepressivos no paciente com hiperplasia prostática benigna sintomática podem piorar os sintomas (I-PSS) em 2 a 3 pontos.
C
Paciente com sintomas urinários importantes e que entra em retenção urinária aguda, apresenta cerca de 70% de chance de nova retenção urinária uma semana após tentativa de retirar o cateter.
D
A ressecção transuretral da próstata é procedimento cirúrgico mais indicado para as próstatas pequenas e médias.
Uma criança de 10 anos de idade é atendida com história de febre, cefaleia, dor retro-orbitária e mialgia há três dias. Há 24 horas, iniciou dor abdominal contínua. Não há manifestações hemorrágicas espontâneas. O exame físico revela hepatomegalia dolorosa, pressão arterial de 100X60mmHg. A prova do laço é positiva, e o hematócrito é de 43%. Segundo as orientações do Ministério da Saúde quanto ao Diagnóstico e Manejo Clínico da Dengue, a conduta terapêutica inicial que deve ser adotada é:
Com relação ao tratamento da Doença de Graves, a tireoidectomia cirúrgica deve ser considerada como tratamento inicial nas seguintes situações, EXCETO:
Homem de 47 anos, portador de cirrose alcoólica, dá entrada em setor de emergência com quadro de oligúria, aumento do volume abdominal e edema ascendente de MMII até a raiz da coxa e região sacral. Seu exame físico revela icterícia de escleróticas +/4, ascite tensa e edema de MMII 4+/4. Exames laboratoriais mostram leucograma normal, plaquetas = 59.000/ mm³, ureia = 90 mg%, creatinina = 1,8 mg%, bilirrubina = 3,0 mg%, INR = 2,2 e albumina = 2,5 g%. É realizada paracentese, e análise do líquido ascítico mostra celularidade = 650 células com 80% PMN e proteína total = 0,9 g% (albumina = 0,5 g%). EAS mostra cilindros hialinos, pH = 6,0, ausência de proteínas e hemácias e sódio de 9 mEq/I. Frente ao quadro clínico acima, a medida terapêutica que não está indicada, é:
Paciente, 28 anos de idade, sexo masculino, apresenta-se há 72 horas com febre de até 39°C, cefaleia e dor de garganta. Notou vermelhidão na pele há 24 horas. Ao exame físico, apresenta enantema oral predominante em língua e tonsilas, com hipertrofia de papilas, além de exantema eritematodescamativo acometendo face e tronco e poupando palma das mãos e sola dos pés. O exantema facial poupa região perioral e apresenta-se mais intenso em dobras, onde conflui nas linhas de flexão. O hemograma mostrou 15 mil leucócitos/mm³ com 75% de polimorfonucleares, 160 mil plaquetas/mm³ e Hb: 16 g/dl. No diagnóstico desse paciente, o exame mais útil é:
Compartilhar