Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Com relação ao envolvimento da doença de Crohn no duodeno, é correto afirmar:

A
É complicação comum.
B
Não pode ser tratada com plásticas intestinais.
C
Geralmente necessita de procedimento de Wipple.
D
Pode apresentar sintomas obstrutivos.
E
Geralmente é doença isolada.
Leia o caso abaixo para responder a questão a seguir. Não se espera que, em uma situação de emergência, seja feita uma anamnese e avaliação clínica pormenorizada. Todavia, um grave (e grosseiro) erro é não levar em consideração as queixas somáticas de um paciente psiquiátrico por prejulgar que ele não tem condições mentais de dizer o que, de fato, clinicamente, lhe ocorre. Diversas doenças clínicas podem se manifestar com alterações de comportamento ou no curso de uma doença mental. O vice-versa também é verdadeiro, ou seja, doenças mentais podem levar a problemas clínicos, p.ex.: um paciente psicótico que engole cacos de vidro e tem um sangramento digestivo. Tendo em vista esta ideia, da relação entre enfermidades mentais e sinais e sintomas clínicos, a melhor relação entre as 2 colunas abaixo é? Coluna 1: 1- Paciente em tratamento para esquizofrenia, com espasmo involuntário intenso de músculos do pescoço, língua, rosto, maxilar, olhos ou tronco. 2- Possível enfermidade clínica e/ou neurológica. 3- Abstinência de ansiolíticos. 4- Paciente psiquiátrico com febre alta e agranulocitose. Coluna 2: A- Efeito adverso grave por Clozapina. B- Intoxicação por cocaína. C- Distonia provocada por antipsicótico. D- Priapismo. Efeito adverso de algumas medicações psiquiátricas, em especial o antidepressivo Trazodona. E- Diminuição do nível de consciência. F- Síndrome neuroléptica maligna. G- Sintomas ansiosos, convulsão. Assinale a alternativa que indica a relação correta.
Crianças com fibrose cística necessitam, em seu tratamento, de vários cuidados, EXCETO:
Mulher, 56 anos, assintomática até então, quando há sete dias apresentou confirmada trombose venosa profunda (TVP) de membro inferior direito. Antecedente de TVP no puerpério imediato da segunda gestação, aos 23 anos. Nega antecedentes familiares dignos de nota. Exame físico evidenciando edema ++/4+ bilateral de membros inferiores, assimétrico e mais acentuado à direita com sinal da bandeira e Homans positivo à direita. LABORATÓRIO: Creatinina = 0,9 mg/dL (0,6-1,2) e Ureia = 20 mg/dL (20-40) Exame de urina: Proteínas: ++/4+; Cetona e sangue ausente Sedimento urinário = Hemácias: 4 000/mL e Leucócitos: 2 000/mL Hemograma sem alterações dignas de nota. Baseado nas informações, assinale a alternativa correta, em relação ao seu primeiro passo diagnóstico, após a instituição da anticoagulação.
Em relação à interpretação do hemograma, assinale a alternativa correta quanto ao próximo exame a ser solicitado na investigação deste paciente. Hemograma: Hemácias (milhões/mm3): 1 600 000/mm³ (4,5 – 6,0) Htc (%) = 20 (42-54), Hb (g/dL) = 5,8 (13-17) HCM (pg) = 36 (27-32), CHCM(g/dL) = 29 (33-37), VCM (mm³) = 125 (80-98) Reticulócitos: diminuídos Leucócitos (por mm3): 3 000/mm³ (3 800 – 11 000) B = 4%, S = 66%, E = 4%, Ba = 0, L = 20%, M = 6% Núcleo dos Neutrófilos hipersegmentados Macrocitose +++ Poiquilocitose +++ Plaquetas (por mm3): 110 000 (150-400) Bilirrubinas: BT: 2,3 mg% BI: 1,7 mg%
Compartilhar