Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Com relação ao HIV/AIDS, marque a resposta incorreta:

A
O tempo entre a exposição ao HIV e o aparecimento dos sintomas agudos é de cerca de 30 dias, mas o período de latência até o desenvolvimento de imunodeficiência é longo
B
A introdução da terapia anti-retroviral combinada, universal e gratuita em 1996 não foi capaz de reduzir a velocidade de crescimento da epidemia e não alterou as taxas de mortalidade pela doença
C
A transmissão materno-infantil do HIV pode ser reduzida em até 70% se forem seguidas as recomendações de testar gestantes e parturientes; administrar AZT às mulheres durante a gestação e durante o parto, bem como para o RN; desaconselhar amamentação; inibir lactação e fornecer fórmula láctea substitutiva
D
A dinâmica da epidemia de AIDS no Brasil caracterizou-se por tês fases distintas, sendo a atual marcada pelo expressivo aumento da transmissão heterossexual, resultando no aumento acentuado entre as mulheres e sua disseminação por todo território nacional atingindo os pequenos municípios do interior do país
E
Uma das principais doenças oportunistas associadas à AIDS no Brasil é a tuberculose, sendo a segunda doença por ocasião da notificação da AIDS, portanto, recomenda-se a solicitação do teste HIV para todo indivíduo com TB
A maioria dos incidentalomas adrenais são:
Pré-escolar, 3 anos e 6 meses, é levado ao ambulatório com história de febre há 3 semanas associada à dor intensa em membro inferior direito, sem relato de trauma local. Ao exame físico, apresenta palidez cutâneo-mucosa, linfonodomegalia cervical indolor medindo cerca de 2 cm e esplenomegalia. O hemograma revelou anemia, leucopenia e plaquetopenia. A principal hipótese diagnóstica, neste caso, é:
De acordo com as orientações do Ministério da Saúde-Brasil para manejo de crianças nascidas vivas de mães infectadas pelo HIV é correto afirmar que:
Homem, com 45 anos de idade, hipertenso em uso de hidroclorotiazida 50 mg/dia, dá entrada em Pronto-Socorro com epistaxe grave à esquerda. Ao exame: pressão arterial de 16X11 mmHg, com sangramento ativo posterior de fossa nasal esquerda. Realizado tamponamento Antero-posterior (TAP) com sonda Foley à esquerda com sucesso. Controle da pressão foi obitido com captopril sublingual. Qual a MELHOR conduta?
Compartilhar