Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Neurologia

Com relação ao manejo farmacológico da insuficiência cardíaca, podemos afirmar que:

A
os antagonistas dos canais de cálcio de primeira geração, como verapamil e diltiazem podem ser usados em pacientes com disfunção sistólica quando estes são intolerantes aos betabloqueadores.
B
os betabloqueadores são importantes para melhorar a função sistólica e reverter o remodelamento cardíaco, mas deve ser reservado apenas aos pacientes em classe funcional III e IV da New York Heart Association (NYHA).
C
o uso dos inibidores da enzima conversora da angiotensina (IECA) é indicado a todo paciente com insuficiência cardíaca que apresenta redução da função sistólica, mesmo e principalmente em pacientes assintomáticos.
D
o levosimendam foi integrado ao arsenal farmacológico da insuficiência cardíaca crônica compensada.
E
os agentes bloqueadores do receptor da angiotensina II (BRA) são indicados em pacientes intolerantes ao IECA ou somados a estes em substituição aos agentes betabloqueadores em pacientes com pressão arterial preservada.
Lactente de 8 meses é levada ao Pronto Socorro devido quadro de irritabilidade e febre alta há 3 dias. A mãe informa que, há cerca de uma semana, o lactente parece resfriado e houve piora significativa nos últimos dias. O exame físico revela abaulamento de membrana timpânica a esquerda e tumefação dolorosa retroauricular homolateral. A conduta neste caso é:
Paciente, 10 anos de idade, apresenta edema, cansaço fácil e mal-estar há mais de 2 semanas, diurese diminuída. Passado de amigdalites. Ao exame físico, mostra regular estado geral, temperatura de 37,5ºC, edema bipalpebral e de MMII. Ausculta cardiopulmonar com F.C. > 160 bat/min, F.R > 30 inc/min. Murmúrio rude e roncos com presença de terceira bulha, sopro sistólico audível em ponta. Abdome com fígado aumentado a 5 cm do RCD, doloroso à palpação. A profilaxia recomendada para esse paciente, segundo recomendação da American Heart Association, é usar penicilina:
Um paciente com este exame de fundoscópico apresenta como principal dado clínico: (VER IMAGEM)
Paciente de 4 anos de idade com história de Asma Brônquica há 1 ano chega ao hospital dispnéico, agitado, falando com dificuldade, com tiragem intercostal bilateral, diminuição do murmúrio vesicular nos 2 pulmões, sibilos difusos ‘a ausculta, freqüência respiratória de 44 movimentos/minuto, frequência cardíaca de 120 batimentos/minuto, abdome com fígado a 2 cm do rebordo costal direito, pulsos periféricos normais, saturação de oxigênio de 89% em ar ambiente. Baseado nos dados acima, assinale a alternativa CORRETA.
Compartilhar