Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Nefrologia

Reumatologia

Com respeito à avaliação do exame parcial de urina, qual a alternativa CORRETA?

A
A identificação de cristais de oxalato de cálcio no exame do sedimento urinário é dado patognomônico de doença renal.
B
A presença de cilindros hemáticos traz forte sugestão de doença glomerular renal.
C
A presença de eritrócitos, independendo de eventuais alterações morfológicas, não permite a determinação do possível foco do sangramento de trato urinário.
D
A leucocitúria é quase sempre indicativa de infecção urinária, afastando a possibilidade de doenças granulomatosas renais como a sarcoidose.
E
Chama-se microalbuminúria a excreção de albumina abaixo de 100 mg, identificável pelas tiras reagentes mais sensíveis.
Em uma colonoscopia, encontra-se um pólipo de 2,5 cm com pedículo longo no sigmoide distal, o qual foi ressecado na sua base. O exame anátomo-patológico mostrou adenocarcinoma bem diferenciado na cabeça do pólipo, com invasão da mucosa. Não há invasão de linfáticos do pedículo até a sua porção proximal. Qual o melhor tratamento para esse paciente?
Paciente de 25 anos, sem doença prévia, chega à emergência com quadro de rebaixamento do nível de consciência. A gasometria arterial colhida em ar ambiente na chegada do paciente mostra PaO2 = 62 mmHg, PaCO2 = 70 mmHg, pH = 7,10, bicarbonato = 22. O gradiente alvéolo-arterial de O2 foi de 9 (valor normal = 5–15). Qual o diagnóstico mais provável desse paciente?
Homem de 63 anos, assintomático, em revisão urológica de rotina, apresentou PSA de 3,6 ng/ml. O exame digital retal evidenciou próstata de consistência normal, com peso estimado em 30g. A ultrassonografia transretal com biopsia demonstrou neoplasia intraepitelial prostática (PIN) em 1 de 12 fragmentos. Qual a conduta mais adequada?
Uma mulher de 50 anos de idade queixa-se de icterícia um ano após ter sido submetida a ressecção de tumor de Klatskin, estadio II, com reconstrução por meio de hepaticojejunostomia em Y de Roux. O anatomopatológico comprovou que as margens estavam livres de doença. Sua bilirrubina total é 8 mg/dL, com predomínio de bilirrubina direta (5,7 mg/dL). Gama-glutamil-transpeptidase (Y-GT) e fosfatase alcalina têm níveis 3 vezes acima dos valores normais. A colangiografia transparietal demonstrou dilatação de vias biliares intra-hepáticas, principalmente à esquerda, não havendo passagem de contraste para a alça jejunal. A tomografia de abdome não mostrou doença metastática. Melhor conduta:
Compartilhar