Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Com vida sexual ativa há pouco mais de seis meses, uma moça de 17 anos valia-se apenas de preservativos em seus encontros amorosos. Uma recente falha deixou-a tensa por quase um mês e ela decidiu que também iria tomar contraceptivos hormonais combinados. Seu ginecologista deu-lhe diversos conselhos e, ao mencionar vantagens do método escolhido, de certo não incluiu a possibilidade de:

A demência tem se tornado na atualidade alvo de preocupação de diversos pesquisadores, não só por sua prevalência, mas principalmente pela observação do crescente envelhecimento populacional. Qual assertiva reúne dados corretos que merecem a consideração do clínico na abordagem à demência?
O estado de mal epiléptico é caracterizado pela presença de crises epilépticas com mais de 30 minutos de duração e exige tratamento imediato. Quando a despeito do tratamento instituído, persiste a atividade convulsiva, instala-se o estado de mal epiléptico refratário, cuja mortalidade é de cerca de 40% no adulto. A droga de escolha a se utilizar na criança que atinge esta fase (estado de mal epiléptico refratário) é:
Paciente com 35 anos, sexo masculino, profissão pedreiro, procedente de Curitiba deu entrada no Pronto Socorro, no mês de julho, com quadro de febre (38oC), dores musculares (abdome e panturrilha), icterícia, sangramento nasal, cefaleia que se iniciou há 3 dias. Além disso foi observado um rash cutâneo difuso, urina concentrada frequência respiratória de 28 movimentos respiratórios por minuto e frequência cardíaca de 100 bat/min. Frente a este caso, considerando a epidemiologia, qual o PRINCIPAL diagnóstico?
No que concerne à atenção à saúde da criança, julgue o próximo item. Caso a criança tenha dor de ouvido, a suspeita de otite média aguda deve ser considerada. Além disso, a presença de abaulamento e hiperemia da membrana timpânica são os dois sinais mais importantes no diagnóstico diferencial quando a cultura de secreção é negativa.
Compartilhar