Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Considera-se tratamento INADEQUADO para a sífilis materna e o risco de sífilis congênita:

A
Uso de doxiciclina por 30 dias.
B
Tratar com penicilina benzatina (2400.000 UI - dose única) os casos de sífilis latente.
C
Instituir tratamento dentro de 30 dias anteriores ao parto.
D
Tratar o parceiro somente se houver comprovação de VDRL reagente.
E
Todas as alternativas estão corretas.
Paciente do sexo masculino, 67 anos, procura atendimento com queixa de astenia e dor em ombro direito que não cedeu com o uso de diversos anti-inflamatórios. Familiares relatam períodos de confusão mental. Ao exame: hipocorado ++/4+, hidratado, anictérico, com FR 32 irpm, FC 110 bpm, PA 140x90 mmHg. Os exames laboratoriais revelam: ureia: 130 mg/dl, creatinina: 3,5 mg/dl, K+: 5,0 mEq/L, Ca++: 13,0 mg/dl, P: 5,0 mg/dl, glicemia: 102 mg/dl, ácido úrico: 8,0 mg/dl, Hm: 2.780.000/mm3, Hcto: 26%, Hb: 10,0 g/dl, plaquetas: 130.000/mm3, proteínas totais: 7,8 g/dl, albumina: 3,2 g/dl, globulina: 4,6 g/dl. A causa mais provável da insuficiência renal é:
Gestante na 25ª semana de gravidez faz sua primeira consulta no pré-natal e, nos exames de rotina, o VDRL se mostra positivo (1:32). O médico prescreve o tratamento, mas, duas semanas depois, a paciente é internada em trabalho de parto, com feto morto, pesando 850 g. Em relação ao óbito fetal, o procedimento correto é:
Na infância, a neoplasia intraocular mais frequente é o(a):
São sintomas típicos de patologias articulares do quadril, exceto:
Compartilhar