Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Considerando os tumores malignos do corpo uterino, assinale a assertiva correta.

A
Os fatores de prognóstico adversos mais importantes para a sobrevida das pacientes com câncer de endométrio, são idade avançada, carcinoma não endometrioide ou grau histológico 3, invasão miometrial profunda, invasão dos espaços linfáticos e vasculares, tamanho tumoral, extensão ao colo uterino, metástases linfonodais, disseminação intraperitoneal.
B
Os fatores de prognóstico adversos mais importantes para a sobrevida das pacientes com câncer de endométrio são, idade avançada, uso prolongado de anticoncepcionais orais, carcinoma endometrioide ou grau histológico 1, invasão miometrial profunda, invasão dos espaços linfáticos e vasculares, tamanho tumoral, extensão à tuba uterina, metástases linfonodais, disseminação intraperitonial.
C
Os fatores de prognóstico adversos menos importantes para a sobrevida das pacientes com câncer de endométrio são, idade avançada, uso prolongado de estrogênios sem uso concomitante de progestágenos carcinoma de células claras, invasão miometrial profunda, invasão dos espaços linfáticos e vasculares, tamanho tumoral, metástases linfonodais, disseminação intraperitonial.
D
Os fatores de prognóstico adversos menos importantes para a sobrevida das pacientes com câncer de endométrio são, idade avançada, uso prolongado de estrogênios sem uso concomitante de progestágenos, sarcomas, invasão dos espaços linfáticos e vasculares, tamanho tumoral, disseminação intraperitoneal.
E
Os fatores de prognóstico adversos menos importantes para a sobrevida das pacientes com câncer de endométrio são idade avançada, carcinoma endometrioide ou grau histológico 1, invasão miometrial superficial, invasão dos espaços linfáticos e vasculares, tamanho tumoral, extensão ao colo uterino, sem metástases linfonodais, diabetes e hipertensão.
Pré-escolar de 3 anos é levado à emergência com quadro de febre e tosse há 3 dias. Exame físico: t.ax.: 38,5°C, regular estado geral, FR: 58 mrpm e tiragem subcostal. Rx de tórax: broncopneumonia em lobo inferior esquerdo. O diagnóstico e a conduta adequada são, respectivamente:
Após a chegada da equipe médica, o atendimento das vítimas triadas em primeiro lugar deve ser realizado com qual manobra?
Na avaliação da dor lombar há os "sinais de alerta" que indicam uma condição mais grave, como câncer, infecção, fratura ou síndrome da cauda equina. Dentre as seguintes alternativas, qual NÃO é um sinal de alerta:
Recém-nascido de 36 semanas de gestação, sexo masculino, parto cesariana, nasce em apneia, sendo recuperado com um ciclo de ventilação com pressão positiva, com balão e máscara. Em seguida, como permanece dependente de oxigênio, com gemido expiratório, batimento de asas de nariz e taquipneia, é levado para a unidade de terapia intensiva. Colocado em berço de calor radiante e campânula a 60% de FiO2, permanece com boa saturação (90 a 94%), com taquipneia e frequência respiratória que varia de 80 a 92 movimentos por minuto. Ao exame radiológico, observa-se espessamento da cisura entre lobo médio e inferior, aumento da trama vascular, hiperinsuflação pulmonar e inversão da cúpula diafragmática. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar