Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Pneumologia

Considere o caso de um paciente de 52 anos de idade com queixas de dor epigástrica em queimação há 6 meses e que apresenta pioras nas últimas semanas, tendo sido submetido à endoscopia digestiva alta. Com relação a esse caso, assinale a opção correta.

A
Caso esse paciente seja etilista, o risco de ele desenvolver adenocarcinoma gástrico é maior.
B
Se a endoscopia revelar uma lesão ulcerada rodeada por bordas elevadas, ela será considerada lesão de Bormann do tipo III.
C
A dosagem do marcador tumoral CA 19-9 poderá esclarecer se os sintomas são decorrentes de doença gástrica maligna.
D
Caso esse paciente seja portador de adenocarcinoma gástrico, a presença do sinal de Virchow representa metástase para linfonodo supraclavicular.
E
A endoscopia desse paciente pode revelar linite plástica, que representa o comprometimento apenas do fundo gástrico por um adenocarcinoma.
Paciente do sexo feminino, de 33 anos, há um mês apresenta edema progressivo de membros inferiores e face. Na avaliação feita no CAIS, foram observadas, no exame de urina, hematúria ++/4, leucocitúria +/4 e proteinúria +++/4. A investigação laboratorial de causa secundária mais importante para o caso é:
Qual é a anomalia congênita mais frequente do trato gastrointestinal:
Qual doença deve-se suspeitar diante de sintomas respiratórios, glomerulonefrite, vasculite, C-anca positivo:
Mulher de 58 anos, diabética e hipertensa há 15 anos, apresenta dispneia e sudorese há 1 hora. Exame físico: PA = 150 x 100 mmHg, FC 110 bpm, FR 30 mpm e saturação periférica de oxigênio 89%. Ausculta torácica: bulhas rítmicas e normofonéticas, sem sopros; crepitações finas nos 2/3 inferiores do tórax. Eletrocardiograma: supradesnivelamento do segmento ST nas derivações V1 a V4. Foram realizados oxigenioterapia e administração de ácido acetilsalicílico. Assinale a alternativa que contém a melhor conduta Inicial:
Compartilhar