Questões na prática

Pediatria

Cirurgia

Pediatria Geral

Doenças Respiratórias

Considere-se uma criança de 8 anos de idade com tosse persistente há 3 semanas, dores no corpo e temperatura até 37,7°C. Fez uso de Sulfametoxazol-trimetoprim por 10 dias sem melhora do quadro. Foi vacinado com BCG apenas ao nascimento. Recebeu somente as vacinas do 2° mês de vida e reforços da Sabin em campanhas do Ministério da Saúde. Realizou teste tuberculínico duas vezes nesse ínterim, o primeiro com 8 mm, e o segundo com 7 mm. O radiograma de tórax mostra infiltrado bilateral intenso, com opacidade difusa e sem efusão pleural. Dentre os agentes etiológicos abaixo, qual o mais provável nesse caso?

A
Streptococcus pneumoniae.
B
Staphylococcus aureus.
C
Haemophilus influenzae tipo B.
D
Chlamydia pneumoniae
E
Mycobacterium tuberculosis.
Paciente com 39 anos, imunocompetente, apresenta varicela com febre baixa e várias vesículas de distribuição universal. No dia seguinte, dá à luz um recém-nascido a termo. A conduta adequada em relação ao RN é:
Adolescente do sexo masculino, de 14 anos, foi atendido há quatro dias com quadro progressivo de febre alta, dor de garganta, hiperemia intensa de orofaringe, hipertrofia de amígdalas, com exsudato e petéquias em palato, adenomegalia submandibular e cervical não aderente. Nesse dia, foi medicado com penicilina benzatínica 1.200.000 U por via IM. A mãe relata exantema após três dias de tratamento, sem melhora do quadro clínico. Diante dessa evolução, deve-se suspeitar de:
Acerca das Pneumonias Adquiridas na Comunidade (PAC) em pacientes imunocompetentes, assinale a opção correta.
Assinale a opção correta com relação aos cuidados no pós-parto e à amamentação.
Compartilhar