Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Considere um paciente apresentando dor torácica, febre e expectoração purulenta há uma semana. O exame radiológico do tórax mostra uma consolidação alveolar no lobo superior direito e derrame pleural à direita. Efetua-se uma punção pleural cujo líquido se mostra amarelo claro e com os seguintes resultados de laboratório: densidade = 1025, proteínas de 3,5 g%, LDH de 500 UI/l, glicose de 70 mg/dl, pH de 7,3 e predomínio de polimorfonucleares com bacterioscopia e cultura negativas. Qual a melhor conduta terapêutica em relação ao derrame pleural?

A
Pleurostomia.
B
Videotoracoscopia.
C
Fisioterapia respiratória.
D
Drenagem pleural fechada.
E
Punções pleurais de repetição.
Nilmar, 55 anos, tem dor lombar de média intensidade. Progrediu com limitação dos movimentos de membros inferiores, há 6 meses. Foi tratado inicialmente com fisioterapia, acupuntura e anti-inflamatórios com melhora discreta. Queda de bicicleta há 1 mês e a radiografia mostra fratura, com lesão lítica em úmero esquerdo. Na radiografia da coluna lombar observa-se fratura com achatamento de L2 e L3. Exame físico: palidez cutaneomucosa 2+/4, anictérico, ausência de petéquias e equimoses; RCR 2T; ap. respiratório sem alterações. Sem edemas em membros inferiores. Exames complementares: Hemácias 2.950.000/mm3, hemoglobina 8.1 g/dl, hemátocrito 26% VGM 88 fL, Leucócitos 6400/mm3 com contagem diferencial normal e plaquetas 180.000/mm3. VHS 90 mm na primeira hora. Ureia 125 mg/dL, creatinina 4,8 mg/dL, albumina 2.8 g/dL, globulina 6,0 g/Dl. Proteinúria 2 g em 24 horas. Os exames adequados para esclarecimento do diagnóstico são:
Escoliose congênita resulta do crescimento e desenvolvimento anormal da coluna vertebral, provavelmente devido a eventos intrauterinos. Pode ocorrer falta parcial ou completa de formação (vértebras em cunha ou hemi-vértebras), falta parcial ou completa de segmentação (barras unilaterais não segmentadas) ou uma combinação de ambos. Uma ou mais anomalias ósseas podem ocorrer isoladamente ou em combinação. Visto que a coluna vertebral (incluindo os elementos neurais) e as vísceras são formadas em torno da 6ª semana no útero, os doentes com escoliose congênita têm frequentemente anomalias viscerais e intraespinhais associadas. Diagnosticada a anomalia congênita da coluna vertebral, o pediatra precisa descartar malformações em outros sistemas orgânicos. Há incidência maior para a concomitância de problemas no aparelho:
Durante o trabalho em uma plantação de alfaces, um homem de 36 anos sofre um acidente com extenso ferimento, deixando exposta uma fratura da extremidade distal da tíbia. Ao exame físico, observa-se grande sangramento na região do ferimento, mas com boa perfusão dos artelhos. Qual dos seguintes esquemas de antibióticos é o mais adequado nessa situação?
Em que situação pode se optar pelo uso de fibrinolítico no paciente com embolia pulmonar?
Compartilhar