Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Dermatologia

Considere um paciente de 58 anos, com história de dispneia lentamente progressiva nos últimos 30 dias, febre (até 38,9°C), tosse produtiva e astenia. Ao exame físico, apresenta murmúrio vesicular (MV) diminuído à direita. O RX de tórax revela derrame pleural à direita. A conduta adequada é:

A
realizar toracocentese e biópsia pleural.
B
iniciar tratamento contra pneumonia.
C
iniciar tratamento contra tuberculose.
D
realizar drenagem de tórax, pois trata-se de um empiema.
E
realizar drenagem de tórax e prescrição de antibiótico de largo espectro.
A larva migrans visceral inclui a presença de febre, hepatomegalia e tosse, entre outras manifestações clínicas. É correto afirmar que:
São condições clínicas associadas a maior risco de tuberculose:
De acordo com os princípios do controle de danos em trauma (damage control), leia as assertivas a seguir: (I) Trata-se de conduta cirúrgica sistematizada, frequentemente dividida em três tempos principais, cujo objetivo é interromper a cascata de eventos que determina a morte por hemorragia. (II) Pode ser empregado como último recurso para uma laparotomia mal sucedida. (III) O controle de danos é reservado a pacientes críticos e o tratamento multidisciplinar é essencial para um melhor prognóstico. Qual das alternativas abaixo contém as assertivas verdadeiras:
Atualmente, existem vários sistemas de classificação de hérnias inguinais com o propósito de proporcionar uma linguagem comum para as comunicações entre médicos e permitir comparações apropriadas das opções terapêuticas. Um paciente portador de uma hérnia inguinal indireta, com anel interno dilatado, volumosa e com grande destruição da parede posterior do canal inguinal, de acordo com a classificação de Nyhus, é considerado como tipo:
Compartilhar