Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Endocrinologia

Considere uma paciente de 55 anos, mulher, 5 anos após IAM, com HAS e DM tipo II com sintomas importantes de DRGE. O tratamento clínico não teve sucesso adequado. Seu IMC é de 55. EDA realizada mostra esofagite severa com biópsia múltipla, mostrando alterações inlamatórias sem neoplasia. O melhor tratamento é:

A
Duodenal Switch.
B
Banda gástrica ajustável.
C
Fundoplicatura tipo Nissen.
D
By-pass gástrico em Y-Roux.
E
Gastroplastia com bandagem vertical.
São fatores de risco para neoplasia maligna de testículo:
Marque a alternativa correta.
A cirurgia de Sistrunk é utilizada no tratamento do (a):
Adolescente, 15 anos, chega à emergência do HUAP em franco trabalho de parto. Nega ter feito pré-natal e não sabe relatar a data da última menstruação. Ao exame: colo uterino 100% apagado e dilatação de 8 cm. Encaminhada à sala de parto onde deu à luz um RN do sexo masculino, IG Ballard de 29 semanas e PN de 980 g, AIG. No final do primeiro minuto de vida o RN encontrava-se pálido, flácido, com frequência cardíaca de 60 bpm/min, sem drive respiratório e sem reação ao cateter na narina. O índice de Apgar para este RN no primeiro minuto é:
Compartilhar