Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Constituem causas de oligodrâmnio:

A
Diabetes mellitus, coriangioma, distrofia muscular e anemia fetal
B
Sífilis, transfusão fetal, anomalias cromossômicas e eclampsia
C
Anomalias fetais (genitourinárias), hipertensão arterial crônica e uso de indometacina
D
Poliúria fetal, hepatite fetal, diabetes mellitus e uso de indometacina
E
Estenose de esôfago, aneuploidias e apresentação pélvica
A obesidade é um importante fator de risco para doenças não transmissíveis; é importante para o médico implementar ações de prevenção e de promoção da saúde, dentre elas, orientar a perda de peso. Considere as afirmações abaixo: I - A perda de peso em indivíduos hipertensos é, geralmente, acompanhada da redução da pressão arterial, o que pode acarretar em redução da necessidade de medicação anti-hipertensiva. II - O sobrepeso está associado à diminuição da tolerância à glicose; a perda de peso para pacientes com diabetes tipo 2 pode refletir em uma menor necessidade de medicação hipoglicemiante. III - A apneia do sono é comum entre obesos e é apontada como fator de risco independente para doenças cardíacas. Quais estão corretas?
Homem de 25 anos, após trauma na bolsa escrotal, identificou nódulo no testículo esquerdo. Avaliação médica evidenciou um tumor testicular seminomatoso. Qual dos seguintes NÃO é fator de risco para esta neoplasia?
Das afirmações abaixo sobre bronquiolite, a INCORRETA é:
Em relação à litíase biliar, é correto afirmar:
Compartilhar