Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Convulsões febris simples caracterizam-se por:

A
não deixarem sequelas neurológicas embora possa haver leve sonolência pós-ictal.
B
serem focais, com predominância de movimentos oculares.
C
poderem ser desencadeadas por elevação súbita da temperatura ambiental.
D
ocorrerem em crianças com mais de seis anos.
E
serem seguidas por um segundo episódio em menos de vinte e quatro horas, com duração mais breve.
Menino, 3 anos, dá entrada no pronto atendimento com quadro de cianose e dispneia, semiconsciente, pouco reativo. Ao exame físico FC = 164 bpm, Sat = 65%, palidez cutânea, ictus visível com precórdio hiperdinâmico, primeira bulha hiperfonética e segunda bulha hipofonética sem sopro, abdômen com fígado a 1 cm RCD, pulsos finos. A mãe refere que a criança estava brincando no quintal e teve uma queda, chorou muito e iniciou o quadro de cianose com perda de consciência, refere também que a criança é portadora de cardiopatia congênita que não lembra o nome, mas que desde bebê é muito “roxinho” e já teve outras crises como essa. Está há 15 dias sem tomar a medicação e aguarda vaga para realizar cirurgia cardíaca. Com base nos dados acima, qual a hipótese diagnóstica e melhor tratamento a ser instituído no pronto atendimento?
Criança de 1 mês de vida, do sexo masculino, dá entrada em pronto socorro com quadro de sepse, distensão abdominal, globo vesical visível e palpável. O diagnóstico mais provável seria:
Paciente jovem deu entrada no pronto socorro com quadro de cólica renal à direita. Rapidamente houve melhora com sintomas com medicação e a tomografia computadorizada revelou cálculo de 5 mm no ureter proximal/médio com pouca dilatação das vias urinárias. Qual a melhor conduta inicial a ser seguida?
Os aneurismas da aorta abdominal (AAA) são de importância especial por se tratar daqueles mais frequentes na prática clínica. Na maioria das vezes são assintomáticos e detectados em exames de rotina ou de forma ocasional. Qual o principal fator de risco de ruptura do AAA.
Compartilhar