Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Gastroenterologia

Pediatria Geral

Criança, 10 meses de idade, apresenta diarreia há dois meses (6 evacuações ao dia com fezes pastosas e líquidas, de grande volume, cheiro azedo, sem muco ou sangue). Teve alguns episódios de vômito nos primeiros dias. A orientação foi fazer hidratação oral. A partir de então, não apresentou mais vômitos, mas a diarreia persistiu com as mesmas características, acompanhada de perda de peso, distensão leve do abdome e assadura perianal, sem febre. Recebeu leite materno até o 6° mês de vida, quando iniciou com leite de vaca, em pó, e aos 7-8 meses: papas de fruta, legumes, carnes, ovos, bolachas e macarrão. Qual o diagnóstico provável dessa síndrome diarreica?

A
Diarreia aguda infecciosa.
B
Diarreia crônica inespecífica (síndrome do cólon irritável).
C
Diarreia persistente.
D
Diarreia crônica: alergia alimentar ou doença celíaca.
Assinale a alternativa CORRETA.
São fatores de risco para o câncer gástrico: I- contato com asbestos II- alimentos defumados III- vegetais IV- vitamina C V- Helicobacter Pylori Estão corretas:
A fórmula para reposição volêmica em queimados, em que é utilizado somente cristaloides ( 4 ml/Kg/% AQ).
Um adolescente na fase do estirão puberal, sexo masculino, com atividade esportiva, começa a apresentar progressivamente dor abaixo da patela que vem piorando a cada dia e com melhora relativa com o repouso. Ao exame físico, apresenta uma elevação na tuberosidade tibial. Foram realizadas infiltrações com anestésicos e corticoides sem melhora. O diagnóstico provável é:
Compartilhar