Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Criança, 11 anos de idade, foi trazida pela mãe para avaliação do peso, pois acha que seu filho está gordo. Não pratica atividades físicas regularmente, come muito carboidrato, bebe refrigerante diariamente e não gosta de verduras, legumes e frutas. Na avaliação antropométrica nota-se: peso = 43,5 kg, estatura = 1,40 m, IMC = 22,2 kg/m² (entre o percentil 90 e 95 da curva masculina para IMC - NCHS / CDC 2000). O estado nutricional do menino é:

A
eutrofia.
B
sobrepeso.
C
obesidade.
D
obesidade mórbida.
Homem de 48 anos procura atendimento com relato de desconforto em hipocôndrio direito, escurecimento da urina e progressiva coloração da pele e dos olhos. Vem notando também insônia, sonolência diurna e tremores. Ao exame nota-se icterícia e fígado palpável a 4 cm do rebordo costal direito. Admite-se ser um bebedor crônico de alcoólicos e que na ultima semana vem fazendo uso de volumes muito superiores aos costumeiros. Refere diagnóstico anterior de colelitíase e uso atual de “remédio de ervas chinesas”. A avaliação laboratorial revelou bilirrubina total de 8,7mg% com bilirrubina direta de 6,8mg%, TGO de 320U/L e TGP de 140U/L, gama GT de 391U/L e RNI de 1,4. Com estes exames iniciais, que diagnóstico pode ser descartado com maior grau de certeza?
Mulher de 30 anos, sem doenças prévias, procura Pronto-Socorro de um hospital escola com quadro de diarreia aguda. O médico preceptor pediu aos 4 alunos que o acompanhavam que correlacionassem os aspectos epidemiologicos, clínicos e laboratorias com a provável etologia do quadro. O único aluno que ERROU disse que:
<P>Uma mulher de 31 anos apresenta quadro clínico sugestivo de pielonefrite. Sedimento urinário mostrou piúria e a urocultura crescimento de 10³ unidades formadoras de colônia/ml de Proteus mirabilis. A presença deste germe faz suspeitar de: </P>
Pré-escolar, 3 anos e 6 meses, é levado ao ambulatório com história de febre há 3 semanas associada à dor intensa em membro inferior direito, sem relato de trauma local. Ao exame físico, apresenta palidez cutâneo-mucosa, linfonodomegalia cervical indolor medindo cerca de 2 cm e esplenomegalia. O hemograma revelou anemia, leucopenia e plaquetopenia. A principal hipótese diagnóstica, neste caso, é:
Compartilhar