Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Nefrologia

Criança, 5 anos de idade, vem há 2 semanas com febre, mal estar e dor nas articulações. Há 8 dias vem apresentando edema em face e MMII, urina escura e em menor quantidade. Ao exame, TA: 140 x 100 mm/Hg. O exame de urina mostra hemácias +++, proteínas ++, cilindros hemáticos e granulosos. Ureia e creatinina discretamente elevados. O diagnóstico mais provável é:

A
infecção urinária
B
síndrome nefrótica
C
glomerulonefrite aguda
D
litíase renal
E
lúpus eritematoso sistêmico
O Divertículo de Meckel é uma malformação congênita do intestino resultante de um fechamento incompleto do ducto onfalomesentérico. No tratamento do Divertículo de Meckel sangrante, o tratamento cirúrgico deve ser:
Qual critério NÃO caracteriza pré-eclâmpsia grave?
Um recém-nascido de termo, com peso de nascimento de 3.240 g, filho de pais consanguíneos, com pré-natal sem intercorrências, com sorologias negativas para HIV e sífilis, mas sem pesquisa de estreptococo do grupo B, nasce de parto vaginal, após 3 horas de rotura de membranas, com Apgar de 9 e 10 no primeiro e no quinto minutos de vida e é encaminhado ao alojamento conjunto. Evoluía bem quando, com 20 horas de vida, apresentou taquipneia e alteração de perfusão periférica. Realizados exames, o bicarbonato foi de 14, com CO2 baixo e pH 7,3. São hipóteses a serem consideradas:
No paciente oncológico, a cirurgia contribui para a deterioração progressiva do estado nutricional pelos seguintes fatores, EXCETO:
Compartilhar