Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Criança, 5 anos de idade, há 1 semana apresenta palidez cutaneomucosa, hiporexia, fraqueza, equimoses e petéquias. Ao exame REG, palidez cutaneomucosa (++/++++) e adenopatia generalizada. Pele: presença de equimoses e petéquias em tronco e membros, FR = 24 ipm. FC = 120 bpm. Presença de sopro sistólico (+/+6). Fígado palpável a 3 cm do RCD e baço palpável a 4 cm do RCE. Hemograma: Hb = 7,5 g/dl, GB = 1000/dl, Plaquetas = 18.000/dl. Mielograma: relação L:E 8:1, com medula óssea tomada por blastos. Imunofenotipagem mostrou: positividade para CD19, e CD20 e CD10, sendo negativa para CD33, slg, cCD3 e CD7. RT-PCR mostrou presença de t(12;21). Com base no exposto, acima o diagnóstico é:

A
leucemia linfoide aguda de linhagem T.
B
leucemia linfoide aguda de linhagem pré-B.
C
leucemia promielocítica aguda.
D
leucemia mielomonocítica aguda.
A artrite da febre reumática:
Primigesta é admitida em período expulsivo, tendo seu parto sido assistido pelo médico residente de plantão. O médico residente observou que o pólo cefálico do concepto se desprendeu sob a variedade occipitopúbica, realizou o movimento de deflexão e o movimento de restituição ocorreu em direção ao lado direito. Considerando os mecanismos habituais do mecanismo de parto na apresentação cefálica de vértice, o residente pôde concluir que:
Mulher, 78 anos, portadora de fibrilação atrial crônica, não fazendo uso de anticoagulante, apresenta dor abdominal iniciada em região periumbilical, que se torna posteriormente difusa, com irritação peritonial. A principal hipótese diagnóstica é:
Elis nasceu há 40 dias de parto normal, sem intercorrências, com 2710 g. Recebe aleitamento materno exclusivo e, em livre demanda, acorda duas a três vezes à noite para mamar e os pais têm que permanecer cerca de uma hora com a criança dormindo no colo, em pé, para que arrote. Exame físico: bom estado geral, ativa, peso 3.830 g. Assinale o comportamento esperado durante a realização do exame físico de Elis:
Compartilhar