Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

Criança com 2 anos e cinco meses chega ao Pronto-Socorro de Pediatria. Mãe relata que há 15 dias iniciou com tosse e coriza hialina. Há 3 dias iniciou com febre e piora da tosse, que se intensificava à noite. Refere também obstrução nasal e crostas em narinas pela manhã. Ao exame a criança mantinha-se em bom estado geral, eupneica com ausculta pulmonar normal. Oroscopia mostrava discreta hiperemia de orofaringe e gotejamento retronasal de secreção amarelada. Mãe negava passado de asma. Peso: 13kg. Qual a conduta mais adequada?

A
Orientar a mãe de que se trata de um resfriado comum. Prescrever antitérmicos e soro fisiológico em narinas.
B
Solicitar radiografia de seios paranasais visto que o quadro é sugestivo de sinusite bacteriana.
C
Iniciar com prednisolona oral e nebulização com soro fisiológico e broncodilatadores, visto que a tosse persistente é sugestiva de hiperreatividade brônquica.
D
Iniciar tratamento antibiótico com amoxicilina oral e instilação de soro fisiológico em narinas.
Alberto foi atendido em via pública. Apresentava-se com fratura simples de tornozelo, trauma torácico, turgência de veias jugulares; PA = 50/30mmHg, ausculta cardíaca com abafamento de bulhas e ausculta pulmonar normal bilateralmente. A principal hipótese diagnóstica é:
Marque a alternativa FALSA em relação ao Lúpus Eritematoso Sistêmico:
Das seguintes afirmativas sobre baixo peso ao nascer (BPN), assinale a correta.
Sobre as doenças que acometem o esôfago podemos afirmar que:
Compartilhar