Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cirurgia

Cardiologia

Cardiopediatria

Criança de 2 anos de idade, previamente hígida, chega à emergência sem resposta à dor. Mãe relata prostração súbita, acompanhada de sudorese. A criança foi vigiada nas 3 horas precedentes e não ingeriu nenhuma substância potencialmente tóxica. Ao exame físico, apresenta pulsos periféricos ausentes, pulso carotídeo fraco, mas com 310 bpm, tempo de enchimento capilar de 6 segundos, com frequência respiratória de 56 mpm. No monitor, apresenta complexos QRS menores que 0,08 segundos e ausência de onda P. Após manobras iniciais de suporte de via aérea e ventilação, qual a melhor conduta?

A
Acesso venoso - soro fisiológico a 20 ml/Kg.
B
Acesso venoso - sedação - cardioversão sincronizada com 0,5 J/Kg.
C
Cardioversão sincronizada imediata com 0,5 J/Kg.
D
Manobras vagais - acesso venoso - atropina EV.
E
Manobras vagais - acesso venoso - soro fisiológico a 20 ml/Kg.
O teste do reflexo vermelho ou teste do olhinho deve ser realizado em todas as crianças nos primeiros dias de vida. Além da detecção de catarata congênita, esse teste também ajuda no diagnóstico precoce do retinoblastoma. Sobre o retinoblastoma, é correto afirmar que:
São contraindicações à realização de lavagem otológica pra remoção de cerume, exceto:
O tipo mais comum de neoplasia da tireóide tem excelente prognóstico, especialmente em mulher jovem, que tenha tumor bem diferenciado e menor que 2 cm. Biópsia por agulha fina permite evidenciar psamomas, e lobectomia com istmectomia está indicada em tumor menor que 1 cm. Trata-se de:
Uma pessoa de 65 anos procura você por queixas de diminuição súbita da acuidade auditiva à esquerda. Ao exame, você identifica uma coleção de cerúmen impactado. Você prescreve um medicamento tópico, e em três dias a pessoa retorna para a remoção de cerúmen com a técnica de irrigação. Assinale a alternativa que não consiste em contraindicação a este procedimento.
Compartilhar