Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Doenças Respiratórias

Criança de 3 anos é trazida para atendimento por ser contato de adulto tuberculoso. Sua mãe está com tuberculose pulmonar bacilífera em tratamento com esquema I do Ministério da Saúde há um mês. A criança apresenta-se assintomática, com raio-X de tórax normal e prova tuberculínica (PPD) de 3 mm. A conduta mais adequada a ser tomada com essa criança é:

A
observar clinicamente nos próximos 6 meses.
B
observar clinicamente e repetir a prova tuberculínica em 8 semanas.
C
realizar quimioprofilaxia com isoniazida por 6 meses.
D
orientar coleta de lavado gástrico para pesquisa de Baar.
E
quimioprofilaxia com isoniazida por 3 meses e repetir a prova tuberculínica.
Analise as seguintes afirmações sobre as alterações fisiológicas da gestação: I -ocorre dilatação ureteral. II - o volume urinário diário não está aumentado. III - o aumento da frequência urinária decorre da compressão exercida pelo útero gravídico na bexiga. Assinale a alternativa correta.
De acordo com a recomendação do Ministério da Saúde, com relação ao pré-natal de baixo risco, é correto afirmar:
Sobre a sífilis congênita, examine as assertivas abaixo: I- As gestantes que recebem tratamento para sífilis primária devem repetir o VDRL em 1, 3, 6, 12, 18 e 24 meses depois de terminado o tratamento, para confirmar a resposta terapêutica, ou até o teste torna-se não reagente. II- É considerado um caso de sífilis congênita todo recém-nascido (RN), cuja mãe teve sífilis não tratada ou inadequadamente tratada, independentemente da presença ou não de manifestações clínicas e/ou laboratoriais. III- O FTA-ABS IgG positivo diferencia a infecção neonatal da infecção materna, sendo imprescindível a realização desse exame em RN de mães tratadas de sífilis. Qual a alternativa correta?
Considere as afirmações abaixo sobre o binômio droga e adolescência. I- São considerados fatores de risco para consumo de drogas: autoritarismo ou permissividade dos pais ou cuidadores, baixa autoestima, viver em zona de alta densidade demográfica e repetência escolar. II- São considerados indicadores de uso de drogas: problemas disciplinares na escola, prática de pequenos furtos, acidentes frequentes e preocupação excessiva com temas de saúde. III- São consideradas práticas preventivas primárias: programas de inclusão social baseados na escola e na comunidade e coleta de sangue e urina para triagem de metabólitos de drogas ilícitas em adolescentes pertencentes ao grupo de risco e/ou vulneráveis. Assinale a alternativa correta.
Compartilhar