Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Pediatria Geral

Reumatologia

Criança de 4 anos de idade com história de febre alta há seis dias, acompanhada de exantema macular e eritematoso em tórax e conjuntivite bilateral não purulenta. Ao exame físico observa-se linfadenopatia cervical de 3 cm de diâmetro, descamação em dedos das mãos e SS++/4+ em borda esternal esquerda. No hemograma apresenta neutrofilia e trombocitose. Em relação ao diagnóstico mais provável, é correto afirmar que:

A
a presença de estreptococos do grupo A na orofaringe confirmaria o diagnóstico de escarlatina
B
a penicilina benzatina administrada nas primeiras 24-48 horas poderia reduzir as complicações infecciosas
C
o tratamento com imunoglobulina endovenosa e o ácido acetilsalicílico reduz a prevalência de anormalidades cardíacas dessa doença
D
a cardite e artrite são critérios maiores de Jones utilizados para a confirmação do diagnóstico em questão
E
a gravidade da infecção estreptocócica está diretamente relacionada à ocorrência dessa doença
A principal causa de morte no pós-operatório imediato da cirurgia convencional de aneurisma de aorta abdominal é:
Abaixo estão apresentadas recomendações do Ministério da Saúde do Brasil para evitar a transmissão vertical do HIV. Em caso de primigesta infectada por HIV em uso de esquema tríplice (zidovudina, lamivudina e nevirapina) e com resultado da carga viral indetectável, obtido na 35ª semana de gestação, qual delas não está indicada por não trazer benefícios ao binômio materno-fetal?
JFD, 19 anos, motoboy, deu entrada na unidade de emergência do HUCAM, vítima de acidente automobilístico (moto x cavalo). Apresenta-se com Glasgow de 15, pupilas isocóricas e fotorreagentes. Frequência cardíaca de 110 batimentos por minuto, descorado ++/4, com pressão arterial = 120 x 80 mmHg. À radiografia torácica, observa-se fratura de arcos costais inferiores à direita com derrame pleural ipsilateral, com presença de alças intestinais intratorácicas. A conduta mais apropriada é:
Mulher de 36 anos, G7P6A0, com 6 semanas de gestação, comparece para iniciar o pré-natal. Antecedentes pessoais: obesidade e candidíase vaginal de repetição. Antecedente obstétrico: seis partos normais anteriores, com três recém-nascidos pesando mais que 4200g. Realizou teste oral de tolerância à glicose de 75g com valor de jejum 117mg/dl e, após 2horas, 163mg/dl. Quais complicações NÃO são esperadas?
Compartilhar