Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Neuropediatria

Criança de 4 anos de idade, com diagnóstico de meningite por Hemophilus influenzae em tratamento com ceftriaxona na dose de 100 mg/kg/dia EV. Após melhora inicial, no quarto dia de tratamento, passa a apresentar sonolência e crises convulsivas caracterizadas por abalos na metade da face e membros superior e inferior direitos. O diagnóstico mais provável dessa situação é:

A
erro terapêutico.
B
hidrocefalia.
C
vasculite cerebral.
D
flebite periférica.
E
efusão subdural.
Mulher, 75 anos de idade, com doença de Alzheimer, em ambiente asilar, com incontinência esfincteriana prévia, vem há dois dias com agitação psicomotora intercalada por períodos de sonolência. Não teve diarreia e a temperatura medida pela cuidadora foi de 37,8°C. Ao exame físico, apresenta- se sem rigidez nucal, sem sinais de localização, PR: 108 bpm, FR: 21 ipm, ausculta cardiorrespiratória evidenciando discretos crépitos inspiratórios e expiratórios em base, sem variação com a tosse. Abdome flácido, indolor. A investigação deve começar por:
Primípara, amamentando recém-nascido saudável, no terceiro dia pós-parto, sente-se fadigada, sem sono, chora fácil, questionando a sua capacidade de poder nutrir o recém-nascido e medo de não ficar atrativa para o marido. Está se alimentando bem e gosta muito do bebê. Diante desse quadro, o diagnóstico provável é de:
Paciente com 8 anos do sexo feminino é atendido na urgência pediátrica com quadro de movimentos incoordenados, involuntários e que desaparecem durante o sono. Foi observado ainda disartria e labilidade emocional. Sobre esta manifestação, é incorreto afirmar:
Na apresentação de um paciente com monoartrite, deve-se pensar principalmente em : I.Sinovite induzida por cristais II.Artrite séptica III.Lupus eritematoso sistêmico IV.Neoplasia articular A opção que contém as respostas corretas é:
Compartilhar