Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cirurgia

Gastroenterologia

Cirurgia Geral

Cirurgia Pediátrica

Criança de 6 anos, previamente hígida, com sangramento retal importante, apresentou queda dos níveis de hemoglobina. A endoscopia alta e a colonoscopia foram normais. Qual o diagnóstico mais provável?

A
Linfoma do intestino delgado.
B
Hiperplasia nodular linfoide.
C
Doença de Crohn.
D
Úlcera duodenal.
E
Divertículo de Meckel.
Em relação à hemorragia digestiva alta (HDA), não podemos afirmar:
Uma mulher de 26 anos de idade é examinada por conta de episódio recente de obstrução intestinal com regressão espontânea. Ao exame físico, apresenta depósitos de melanina na mucosa bucal e regiões palmares. As fezes são positivas para sangue oculto. A história familiar revela presença de pigmentos semelhantes na mãe e tia materna da paciente, ambas com quadro de dor abdominal e distensão recidivantes. A tia morreu aos 65 anos de adenocarcinoma intestinal. A mãe é viva e passa bem aos 68 anos de idade. Os exames laboratoriais: Hto 34%; Hemoglobina 11,5 g%, leucometria global 8000/mm3; Eletrólitos e exame de urina são normais. Qual das afirmações é verdadeira a respeito da paciente?
Paciente deu entrada no PS com história de trauma recente no abdome superior. À inspeção apresenta sinal de Cullen. A hipótese diagnóstica provável é de:
A principal justificativa para o emprego do sulfato de magnésio no tratamento da pré-eclampsia grave consiste em:
Compartilhar