Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Criança de 8 anos, soropositiva para HIV, apresenta tosse crônica, baqueteamento digital, gasometria mostrando hipoxemia e infiltrado intersticial na radiografia de tórax. Esta condição é mais compatível com:

A
Pneumonia intersticial linfocítica.
B
Pneumonia por Pneumocystis jiroveci.
C
Miocardiopatia do HIV.
D
Tuberculose miliar.
E
Histoplasmose.
Adolescente, 15 anos, chega à emergência do HUAP em franco trabalho de parto. Nega ter feito pré-natal e não sabe relatar a data da última menstruação. Ao exame: colo uterino 100% apagado e dilatação de 8 cm. Encaminhada à sala de parto onde deu à luz um RN do sexo masculino, IG Ballard de 29 semanas e PN de 980 g, AIG. No final do primeiro minuto de vida o RN encontrava-se pálido, flácido, com frequência cardíaca de 60 bpm/min, sem drive respiratório e sem reação ao cateter na narina. O índice de Apgar para este RN no primeiro minuto é:
Correlacione as colunas referentes a investigação de lombalgias e lombociatalgias: (I) Manobra de Romberg (II) Manobra de Valsalva (III) Manobra de Lásegue (IV) Compressão da raiz L5 (V) Compressão da raiz S1. a) É geralmente considerada positiva quando a dor se irradia ou exarceba no trajeto do dermátomo de L4-L5 ou L5-S1, com a elevação do membro; b) Prejudicado o andar sobre um dos calcanhares; c) Esta manobra costuma ser positiva na estenose do canal; d) Na compressão radicular, esta manobra provoca exacerbação da dor ou irradiação até o pé, que não acontecia antes; e) Prejudicado o andar sobre a ponta de um dos pés.
Criança em idade escolar, com febre vespertina há 14 dias, sem outras queixas. Epidemiologia negativa para tuberculose. Ao exame físico apresenta-se: eupneico, com ausculta pulmonar normal, sem visceromegalias. PPD = 14 mm; radiografia de tórax: imagens micronodulares disseminadas. A principal hipótese diagnóstica é:
Sobre a paralisia cerebral hemiplégica, assinale a alternativa correta:
Compartilhar