Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Criança de 8 meses de idade, em uso de leite de vaca há 2 meses, pai fumante e mãe leve crises asmáticas na infância, apresenta febre baixa, coriza hialina, tosse seca e sibilos pulmonares difusos. A hipótese diagnóstica mais provável é:

A
Alergia à proteína do leite de vaca
B
Asma extrínseca
C
Infecção respiratória viral
D
Doença de refluxo gastro-esofágico
E
Aspiração de corpo estranho
Abaixo estão apresentadas recomendações do Ministério da Saúde do Brasil para evitar a transmissão vertical do HIV. Em caso de primigesta infectada por HIV em uso de esquema tríplice (zidovudina, lamivudina e nevirapina) e com resultado da carga viral indetectável, obtido na 35ª semana de gestação, qual delas não está indicada por não trazer benefícios ao binômio materno-fetal?
Menino de 1 mês de idade foi trazido pela mãe para revisão de puericultura. Ela informou que o pré-natal fora realizado de forma adequada e que o parto vaginal não apresentara intercorrências. O escore de Apgar foi 9 no primeiro minuto e 10 no quinto. O aleitamento materno foi iniciado já na sala de parto e vinha sendo a única forma de alimentação do lactente. Relatou que o bebê evacuava pouco e que o número de micções durante o dia era reduzido. Na véspera , havia urinado muito pouco. Ao exame, constatou-se que o ganho ponderal fora inferior a 20 g/dia, mas o restante do exame físico estava normal. Qual a hipótese diagnóstica mais provável?
Adolescente de 13 anos foi trazido à consulta em razão do seu comportamento. Segundo o relato dos pais, o filho não participava mais das atividades familiares como costumava fazer, permanecia muito tempo em seu quarto e se mostrava muito reservado e lacônico com os membros da família. Embora não tenha havido qualquer modificação no rendimento escolar, o menino pouco se envolvia com os estudos, fazendo apenas o mínimo necessário. A mãe referiu que o filho somente parecia feliz quando estava com os amigos. Durante a consulta, o paciente permaneceu calado, com a cabeça baixa e, quando perguntado se concordava com os questionamentos dos pais, respondeu que não achava que tivesse algum problema e não sabia por que tinha sido trazido ao médico. Diante desta situação, qual a hipótese diagnóstica mais provável e qual a conduta mais adequada?
Menino de 15 meses de idade foi trazido à consulta por quadro de resfriado comum. Os pais expressaram preocupação em relação ao desenvolvimento do filho por ainda não apresentar marcha independente. O menino vinha realizando consultas de puericultura de rotina e, ao exame físico, não foram constatadas quaisquer alterações. Os demais marcos do desenvolvimento eram adequados para a faixa etária. Diante deste quadro, que conduta deve ser adotada?
Compartilhar