Questões na prática

Pediatria

Cirurgia

Pediatria Geral

Cirurgia Pediátrica

Criança de 8 meses de idade, em tratamento com dose alta de ranitidina por doença do refluxo gastroesofágico, vinha apresentando vômitos de repetição e baixo ganho ponderal. Diante deste quadro, qual a conduta mais adequada?

A
Solicita raio X de esôfago, estômago e duodeno para excluir outras causas de vômitos.
B
Solicitar ultrassonografia para verificar a presença de estenose hipertrófica de piloro.
C
Substituir a ranitidina por omeprazol.
D
Acrescentar um procinético ao esquema terapêutico.
E
Realizar pHmetria esofágica.
Ainda sobre enxertos, qual das afirmações abaixo é correta?
Nos enxertos, qual o tempo em que se processa a sua revascularização:
Uma criança de 4 anos com Calazar foi admitida com quadro de febre, palidez, emagracimento, hepatoesplenomegalia e relato de epistaxe. Pela Classificação Nutricional de Gomez foi considerado como Desnutrição Energético-Proteica de II Grau. De acordo com as recomendações atuais do Ministério da Saúde do Brasil, o tratamento de primeira escolha neste caso é: • Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. • Leishmaniose visceral grave: normas e condutas/Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. – Brasília: 6 Editora do Ministério da Saúde, 2006. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos)
Em relação às traqueostomias e cânulas traqueais, podemos afirmar:I. A cricotireoidostomia é a maneira mais fácil e efetiva de acesso ao conjunto laringotraqueal, principalmente em resgate pré-hospitalar.II. A cricotireoidostomia apresenta mínimo risco de estenose infraglótica em crianças.III. As intubações prolongadas em UTI são as principais indicações de traqueostomias.IV. As cânulas com balão devem ser evitadas em pacientes com hemorragia e risco de aspiração.V. Cânula com balão de baixa pressão e alto volume reduz o risco de estenose infraglótica.
Compartilhar