Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Criança de quatro anos de idade, parda, acompanha regularmente em posto de saúde do seu bairro. Apresenta déficit pondero-estatural (abaixo do percentil 25) com vários tratamentos adequados para anemia, com sulfato ferroso, há dois anos. Dá entrada no Pronto Atendimento com dor intensa em MMII e edema de dorso de pés, pálida e prostrada. FC=123bpm, PA=70/40mmHg. A conduta mais adequada é:

A
Coleta de hemograma e culturas em geral e início imediato de antibiótico para estafilococcia e solicitação de concentrado de hemácias
B
Hidratação imediata com soro fisiológico, analgesia potente e coleta de hemograma
C
Coleta de hemograma, hemocultura e RX de MMII, início imediato de Oxacilina
D
Coleta de VG e Hb, soro glicofisiológico e antibiótico de largo espectro
E
Hidratação com soro fisiológico, concentrado de hemácias, coleta de VG, Hb e Oxacilina
A presença de pneumoperitôneo em casos de úlcera duodenal perfurada em adultos está em torno de:
Em relação à otite média aguda em crianças pré-escolares, é correto afirmar:
Lactente de dois anos, eutrófico, é atendido na emergência com quadro de oligúria e edema de membros inferiores. A mãe relata que há quinze dias a criança apresentou diarreia aguda que evoluiu em dois dias para diarreia sanguinolenta. Os exames laboratoriais demonstram densidade urinária baixa, proteinúria mais, anemia e trombocitopenia moderadas ureia e creatinina séricas elevadas. A coprocultura para E. coli enteropatogênica é negativa. Com base nesses dados, o diagnóstico mais provável é:
É considerada Febre Puerperal:
Compartilhar