Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Doenças Respiratórias

Criança de seis anos e cinco meses de idade convive com o pai, que após um quadro de febre vespertina por três semanas e tosse produtiva, foi diagnosticado como tuberculose pulmonar. A bacterioscopia do escarro foi positiva, o PPD foi de 17 mm, e o RX de tórax apresentava condensação com área de hipertransparência em terço superior direito, sugerindo imagem de caverna. A criança se apresentava em bom estado geral. O RX de tórax revelava condensação em terço médio direito sem área sugestiva de caverna. O resultado do PPD foi de 16 mm e a bacterioscopia do escarro foi negativa. O menor também recebeu diagnóstico de tuberculose pulmonar. As prováveis justificativas para as diferenças clínicas, radiológicas e laboratoriais entre a tuberculose pulmonar do pai e a de seu filho são, que na infância ocorre, em geral:

A
a primoinfecção; a forma pulmonar é paucibacilar e ocorre após uma pneumonia comunitária.
B
o complexo primário, que não é uma forma bacilífera, e ocorre após uma pneumonia comunitária.
C
a primoinfecção; a forma pulmonar é paucibacilar e pode mimetizar a uma pneumonia comunitária.
D
o complexo primário, que não é uma forma bacilífera, e pode mimetizar uma pneumonia comunitária.
As especificações técnicas abaixo estão relacionadas ao registro de pacientes com suspeita de morte encefálica (silêncio elétrico-cerebral). Qual delas NÃO pode ser adotada como critério de morte encefálica?
Uma paciente feminina de 72 anos de idade apresenta quadro súbito de fraqueza da mão direita e hemiface direita, disfasia e hemianopsia homônima direita. Nesse caso, houve oclusão da artéria:
No caso de um paciente masculino de 15 anos de idade com retardo mental moderado, transtorno de déficit de atenção, face alongada, orelhas aumentadas, em abano, e macrorquidia, qual o provável diagnóstico?
Roberto tem 7 anos e vem ao ambulatório trazido pela avó por apresentar tosse crônica, produtiva, principalmente matinal e história de infecções sinopulmonares de repetição. Ao exame detectam-se crepitações em bases pulmonares e situs inversus totalis. A TC de tórax identificou bronquiectasias no lobo médio e nos lobos inferiores. Considerando a principal suspeita diagnóstica de Roberto, o dado que na investigação complementar sugere esta hipótese é:
Compartilhar