Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Criança de três anos, não vacinada, apresenta febre há quatro dias e erupção maculopapular há um dia. Feito diagnóstico de sarampo. A conduta para seu irmão de quatro meses de idade, que mora na mesma casa, é:

A
vacinação imediata com vírus vivo atenuado do sarampo.
B
vacinação imediata com vírus morto do sarampo.
C
imunoglobulina humana (IgH) em dose única.
D
IgH e vacina atenuada do sarampo.
E
não é necessária qualquer conduta.
Dorival, 68 anos, em pré-operatório de carcinoma bem diferenciado localizado no colo esquerdo. História de colonoscopia há dez anos, com remoção de pólipo de 1 cm de diâmetro. Seu irmão mais velho foi operado de câncer no colo aos 80 anos. Tem história prévia de trombose venosa profunda femoropoplítea direita há 10 anos após fratura de ossos de perna e imobilização com aparelho gessado. O ecodoppler venoso recente mostra total recanalização do sistema venoso profundo direito, com discreto refluxo na veia femoral superficial. De acordo com as características do câncer colônico de Dorival pode-se afirmar que:
João, 58 anos, natural de Minas Gerais, hipertenso há 20 anos, chega à Emergência com dor abdominal aguda seguida por distensão e vômitos fecaloides, há 24 horas. História de cirurgia para apendicite aguda há 24 anos e doença diverticular. Exame físico: Tax 36.5°C, PA 90 X 60 mmHg, FC 108 bpm, FR 28 irpm. Exames laboratoriais iniciais hematócrito 45%, leucócitos 10.000/mm³, creatinina 1,6 mg/dl, ureia 78 mg/dl, K 4,9 mEq/I, Na 140 mEq/I. A causa mais provável do quadro abdominal agudo é:
Criança de três anos, não vacinada, apresenta febre há quatro dias e erupção maculopapular há um dia. Feito diagnóstico de sarampo. A conduta para seu irmão de quatro meses de idade, que mora na mesma casa, é:
Menina com dois meses e meio de idade apresenta icterícia desde o primeiro dia de vida, acompanhada de acolia fecal e colúria desde o 10º dia de vida. Ao exame: BEG, peso e estatura adequados para a idade, afebril, icterícia de pele e conjuntivas +++/++++, fígado palpável a 5 cm de rebordo costal direito, na linha hemiclavicular direita de superfície irregular, bordo rombo, consistência dura e baço palpável a dois centímetros do rebordo costal esquerdo e consistência aumentada. Exames laboratoriais: AST = 250 UI/L (14 a 36 UI/L); ALT = 185 UI/L (9 a 52 UI/l); FA = 600 UI/l (145-320 UI/L); ? GT = 1 200 UI/L (12 a 43 UI/L); US: não visualizada vesícula biliar; biópsia hepática: fibrose portal com pontes porta-porta delimitando nódulos; proliferação ductal e trombos biliares nos ductos interlobulares. O diagnóstico é de:
Compartilhar