Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Criança do sexo masculino está em acompanhamento, há 6 meses, no ambulatório de pediatria com a queixa de baixa estatura. Apresenta: idade cronológica: 9 anos e 2 meses; estatura 124 cm (percentil 5); peso: 22 Kg (percentil 5); idade óssea: 7 anos; velocidade de crescimento: 5,1 cm/ano; estágio puberal de Tanner: P1G1; estatura alvo para a família no percentil 25. Qual o diagnóstico provável?

A
Deficiência do hormônio do crescimento.
B
Atraso constitucional do crescimento e da puberdade.
C
Baixa estatura familiar.
D
Puberdade precoce.
Paciente com 35 anos apresenta tumoração próxima ao ânus, com dor intensa, febre, mal-estar, calafrios e tenesmo retal. Assinale a alternativa correta. 
Na questão a seguir encontram-se afirmações sobre o tema proposto. Teste o seu conhecimento escolhendo a alternativa que contenha 3 afirmações verdadeiras. Tema: Principais complicações cirúrgicas - PARTE I: I-Aspiração pulmonar é uma complicação evitável na maioria dos casos, entretanto sua ocorrência, quando associada à pneumonia, se relaciona a altas taxas de mortalidade. II-Atelectasia é uma complicação pulmonar pouco frequente. Sua incidência é maior em portadores de doença pulmonar preexistente, idosos e obesos. III-Infecção urinária é a complicação infecciosa mais frequente no pós-operatório. IV-O tratamento do íleo pós-operatório funcional é de suporte. Jejum, reposição hidroeletrolítica e colocação de sonda nasogástrica são medidas iniciais que respondem com sucesso na maioria dos casos. V- A causa de febre mais comum nas 72 primeiras horas de pós-operatório é atelectasia pulmonar e, entre 5º e 8º dia, infecção do sítio cirúrgico. VI-Seroma é uma coleção de sangue ou coágulo na ferida e é a complicação de ferida operatória mais comum. A alternativa que contém três afirmações corretas é:
Em uma criança com diagnóstico clínico de otite média aguda, não complicada, com suspeita de Streptococcus pneumoniae resistente por ser frequentadora de creche, a MELHOR opção terapêutica inicial é:
Qual o sinal mais importante em pós-operatório de osteossíntese de tíbia e fíbula que evidencia uma síndrome compartimental?
Compartilhar