Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Criança do sexo masculino está em acompanhamento, há 6 meses, no ambulatório de pediatria com a queixa de baixa estatura. Apresenta: idade cronológica: 9 anos e 2 meses; estatura 124 cm (percentil 5); peso: 22 Kg (percentil 5); idade óssea: 7 anos; velocidade de crescimento: 5,1 cm/ano; estágio puberal de Tanner: P1G1; estatura alvo para a família no percentil 25. Qual o diagnóstico provável?

A
Deficiência do hormônio do crescimento.
B
Atraso constitucional do crescimento e da puberdade.
C
Baixa estatura familiar.
D
Puberdade precoce.
Uma paciente de 10 anos tem febre de 39?C e dor de garganta. Após um dia de evolução apresentou exantema micropapular em tronco, que posteriormente se estendeu aos membros. Há palidez perioral e lesões petequiais nas dobras dos cotovelos. O hemograma mostra 12.800 leucócitos, com neutrofilia e desvio para a esquerda. Após 7 dias, o exantema cedeu e surgiu descamação cutânea. O agente etiológico mais provável é:
Paciente masculino, 27 anos, HIV+, em terapia ARV, com CD4 adequado e carga viral baixa, iniciou quadro de febre (38,2°C) e rinorreia clara há 1 dia. Evoluiu com cefaleia frontal leve/moderada, congestão nasal e hiposmia. A rinorreia tornou-se amarelada e a dor localizou-se principalmente na hemiface esquerda, mantendo a intensidade e os demais sintomas. Passados 4 dias, procurou a UBS e você o atendeu. Marque a alternativa correspondente ao diagnóstico e à conduta mais adequada nesse caso:
Assinale a alternativa que indica corretamente o quimioterápico a ser utilizado nos casos de doença trofoblástica gestacional, que necessitem de monoquimioterapia e que não responderam adequadamente ao metrotrexate.
Paciente com cefaleia em região frontal e maxilar, com sensação de peso ao baixar a cabeça, voz anasalada, rinorreia de aspecto purulento, febre, apatia, tosse que piora ao deitar. O diagnóstico mais provável diante do quadro clínico apresentado é:
Compartilhar