Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Criança, nascida de parto normal a termo, apgar de 9 no primeiro minuto e de 10 no quinto minuto, pesando 3.280 g, é encaminhado para o alojamento conjunto, usando LM exclusivo. Na alta, após o segundo dia de vida, o pediatra nota icterícia de esclerótica e face. No prontuário, verifica que a mãe é Rh+, grupo A e o RN é Rh negativo, grupo O. A dosagem de bilirrubinas revelou BI igual a 10% do total. O diagnóstico mais provável nesse caso é:

A
incompatibilidade de Rh
B
icterícia do leite materno
C
incompatibilidade ABO
D
icterícia própria do RN
E
erro inato do metabolismo
Paciente de sexo masculino, 18 anos de idade, apresenta-se à clínica rural com náuseas, vômitos, anorexia, desconforto abdominal, mialgias e icterícia. Relata uso ocasional de álcool e sexualmente ativo. Descreve uso de heroína e cocaína "algumas vezes no passado". Trabalha como cozinheiro em um restaurante local. Perdeu cerca de 15,5 kg desde a última visita à clínica e parece emaciado, com aparência doentia. Ao exame, constata-se que apresenta esclera ictérica e fígado palpável e doloroso abaixo do rebordo costal direito. A respeito da hepatite aguda, qual das opções a seguir é verdadeira?
Um recém-nascido com cardiopatia congênita cianótica, o qual apresenta marcada diminuição da vascularização pulmonar, deve ser tratado inicialmente com:
Com relação à epilepsia na infância, analise as seguintes assertivas: I. A infância é um período da vida particularmente vulnerável ao desenvolvimento de crises epiléticas; II. A expressão clínica das descargas elétricas anormais da crise epilética é compatível com a área cortical estimulada; III. As epilepsias idiopáticas são aquelas em que se identifica um fator causal, mas as crises são refratárias a qualquer tratamento; IV. O início precoce das crises de epilepsia na infância é considerado um sinal de mau prognóstico. Quais estão corretas?
Recém- nascido pequeno para a idade gestacional, que apresenta microcefalia, erupção petequial disseminada, cataratas bilaterais e estenose pulmonar, provavelmente apresenta qual infecção?
Compartilhar