Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Criança, nascida de parto normal a termo, apgar de 9 no primeiro minuto e de 10 no quinto minuto, pesando 3.280 g, é encaminhado para o alojamento conjunto, usando LM exclusivo. Na alta, após o segundo dia de vida, o pediatra nota icterícia de esclerótica e face. No prontuário, verifica que a mãe é Rh+, grupo A e o RN é Rh negativo, grupo O. A dosagem de bilirrubinas revelou BI igual a 10% do total. A conduta adequada que o caso requer é:

A
realizar fototerapia
B
realizar exanguíneo-transfusão
C
indicar fenobarbital oral, por 14 dias
D
expectar
E
suspender leite materno por 24 horas
Paciente de 78 anos, sexo masculino, diabético insulinodependente, refere há 2 meses abaulamento em região inguinal direta aos esforços, com redução ao repouso, com desconforto local mas sem dor. Ao exame físico, manobra de Valsalva positiva. Para o caso clínico acima exposto, é correto afirmar:
Em que porcentagem de pessoas com sintomas sem explicação médica a depressão ou a ansiedade são a causa desses sintomas?
Menina, de 10 anos, está na 4ª série. Os professores queixam-se que ela é distraída, inquieta e costuma faltar à escola. Ela consegue se concentrar apenas durante a primeira hora e gosta de atividades ao ar livre. Para fazer a lição de casa, leva horas, tem a ajuda da mãe, mas com frequentes conflitos. Durante a consulta médica, a menina é razoavelmente calma e focada. QI = 132. O quadro descrito é sugestivo de:
Lactente com 3 semanas de vida apresenta quadro de vômitos de grande volume após a amamentação. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Compartilhar