Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Criança, nascida de parto normal a termo, apgar de 9 no primeiro minuto e de 10 no quinto minuto, pesando 3.280 g, é encaminhado para o alojamento conjunto, usando LM exclusivo. Na alta, após o segundo dia de vida, o pediatra nota icterícia de esclerótica e face. No prontuário, verifica que a mãe é Rh+, grupo A e o RN é Rh negativo, grupo O. A dosagem de bilirrubinas revelou BI igual a 10% do total. A conduta adequada que o caso requer é:

A
realizar fototerapia
B
realizar exanguíneo-transfusão
C
indicar fenobarbital oral, por 14 dias
D
expectar
E
suspender leite materno por 24 horas
Homem de 22 anos procura serviço ambulatorial devido a uma massa testicular direita que o levou a ser submetido a uma Orquiectomia radical direita, tendo sido revelado Seminoma. O tratamento deveria incluir:
Qual é a causa mais comum de óbito pós-operatório precoce na cirurgia eletiva do aneurisma de aorta abdominal?
Um lactente de 2 anos chega ao pronto-socorro com quadro de dispneia, sudorese e chiado ins e expiratório. O menor tem antecedente de asma e está fazendo uso de profilaxia medicamentosa há 2 meses. A criança estava sozinha no seu quarto, entretida com brinquedos quando foi encontrada pela mãe em desconforto respiratório. A melhor explicação, para o quadro atual desta criança, é que ela deve ter
Recém-nascido de 35 semanas de idade gestacional apresenta cianose intensa desde o nascimento. Com quatro horas de vida, a oximetria mostra SaO2 de 30% em FiO2 de 100% (no capacete de oxigênio). Exame físico: cianose generalizada; B2 única. Radiografia de tórax: hipofluxo pulmonar. Eletrocardiograma: hipertrofia ventricular esquerda com eixo desviado para a esquerda. A conduta indicada é:
Compartilhar