Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Nefrologia

Pediatria Geral

Criança, sexo masculino, sete anos, história de amigdalite purulenta, tratada com penicilina benzatina três dias após o início dos sintomas. Após 7 dias de tratamento, notou-se urina escura, diminuição do volume urinário, edema e cefaleia. Na avaliação clínica, confirma-se presença de edema e a pressão arterial observada é de 130 x 90 mmHg, sem sinais de encefalopatia hipertensiva. Exames laboratoriais confirmam o diagnóstico de glomerulonefrite aguda pós-estrepcócica. Para o controle da hipertensão arterial, inicialmente você tomaria as seguintes condutas, exceto:

A
Restrição hídrica.
B
Restrição de sódio.
C
Diurético de alça.
D
Nifedipina sublingual.
Paciente de 22 anos com queixa de úlcera vulvar dolorosa e febre há 3 dias. Refere que há cerca de 4 dias iniciou com quadro de prurido local, pouco de dor e algumas pequenas vesículas no grande lábio direito. Ao exame, observam-se ulceras rasas, fundo limpo, dolorosas e irregulares, com cerca de 3mm cada, no grande lábio direito, em extensão de 3cm. Apresenta, também, linfadenomegalia dolorosa à direita. O que deve ser feito?
Sexo masculino, 8 anos e 10 meses, com diagnóstico de asma. Apresenta crises de falta de ar e chiado quase semanalmente, com limitação das atividades durante as exacerbações. Refere que eventualmente, cerca de uma vez ao mês, apresenta despertares noturnos com tosse e chiado. Faz uso de beta- 2 inalatório nas crises com alívio completo dos sintomas. Nega internações. Como é classificada a asma desse paciente? Qual terapêutica deve ser instituída nas crises e para manutenção?
A apresentação inicial da anemia falciforme se dá, usualmente:
Paciente, 45 anos, chega à emergência com dispneia intensa há 3 dias após um resfriado. É portador de Esclerose Lateral Amiotrófica diagnosticada há 10 meses. Exame físico: frequência respiratória de 32 irpm, PA: 160 x 95 mmHg, Pulso: 110 bpm, regular, em uso da musculatura acessória (++/4), respiração paradoxal presente, SpO2 84%, expansibilidade torácica reduzida. Ausculta pulmonar: Murmúrio vesicular diminuído bilateralmente. Ausculta cardíaca: Normal. Quais os resultados mais prováveis na gasometria arterial colhida em ar ambiente?
Compartilhar