Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Cynara, 30 anos, gesta II para I, hipertensa e diabética tipo I. Está na 8ª semana de gestação e apresenta sangramento de pequena quantidade e cólicas discretas há 3 dias, que cessaram hoje cedo pela manhã. A ultrassonografia realizada há 2 semanas evidenciou gestação tópica com embrião de 6 semanas e batimentos cardíacos presentes. Ao exame especular apresenta sangramento vaginal muito discreto e, ao toque, útero aumentado de tamanho (+/- 10cm) e colo fechado. Na primeira gestação, Cynara teve parto prematuro na 31ª semana de gravidez e traz o relatório da internação daquela ocasião. Há referência a uma medicação utilizada na tocólise, sendo considerada a possibilidade de associação do uso desse fármaco ao desfecho da gravidez. A provável medicação é:

A
sulfato de magnésio
B
nifedipina
C
salbutamol
D
butibrometo de escopolamina
A respeito de doenças sexualmente transmissíveis e de corrimento vaginal, julgue o item que se segue. A combinação de úlcera genital dolorosa e adenopatia inguinal supurativa sugere o diagnóstico de cancroide. O diagnóstico definitivo requer a identificação da Clamydia trachomatis, e o tratamento de escolha é a azitromicina.
"A obtenção de uma história clínica detalhada é essencial em pacientes com lesões no sistema do músculo esquelético para facilitar o diagnóstico e tratamento precisos". A respeito da correlação entre o mecanismo do trauma e as lesões comumente associadas, é correto afirmar:
Com relação às infecções congênitas, é correto afirmar:
As afirmações abaixo sobre dietas enterais são corretas, exceto:
Compartilhar