Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Dá entrada na emergência um paciente com quadro de dispneia e febre, além de hipotensão arterial e sudorese fria. FC = 120 bpm, PA = 90 x 60 mmHg, Tax = 39°C, FR = 24 irpm. O hemograma revela 5.000 leucócitos/mm³, com 80% de granulócitos, sendo 30% de bastões. Na hematoscopia, são descritas anisocitose, poiquilocitose e corpúsculos de Howell-Jolly. O quadro infeccioso é causado, mais provavelmente, pelo seguinte microrganismo:

A
Escherichia coli.
B
Neisseria Meningitidis.
C
Haemophilus influenzae.
D
Streptococcus pneumoniae.
Com base nos conhecimentos sobre rinossinusites, considere as afirmativas a seguir. I. Define-se a rinossinusite aguda como condição presente por até 4 semanas, com resolução completa após o tratamento. II. A rinossinusite crônica refere-se a processos inflamatórios da mucosa nasossinusal com persistência dos sinais e sintomas acima de 12 semanas. III. A cefaleia e a halitose são considerados fatores preditivos maiores que sugerem o diagnóstico de rinossinusite aguda. IV. No tratamento da rinossinusite crônica, deve-se levar em consideração o percentual de anaeróbios na escolha do antibiótico. Assinale a alternativa correta.
Considera-se como de baixo risco o tumor de próstata que apresenta as seguintes características:
Um neonato do sexo masculino, nascido com 37 semanas e pesando 3 kg, amamentado exclusivamente ao seio, iniciou icterícia aos oito dias de vida. Com 16 dias de vida, foi levado ao ambulatório em bom estado geral, pesando 3.220 g e com eliminações gastrointestinais normais. Excetuando-se a icterícia, seu exame físico era normal. Nesta ocasião possuía aumento de bilirrubina à custa de indireta, cuja dosagem sérica foi 12 mg/dl. Seu tipo sanguíneo era A Rh positivo e o de sua mãe O Rh positivo. Seu hemograma e sua contagem de reticulócitos foram normais e o teste de Coombs direto foi negativo. O teste do pezinho também era normal. O menino foi acompanhado ambulatorialmente e aos dois meses não estava mais ictérico. A melhor hipótese diagnóstica é icterícia:
Paciente, 60 anos, é atendido apresentando sangramento nasal abundante de início súbito. Ao exame, paciente bastante ansioso, pálido (++/4), consciente e cooperativo. PA: 170x100 mmHg, pulso: 120 bpm. Sem outras alterações. Sobre esse atendimento, marque a opção correta.
Compartilhar