Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Nefrologia

Danilo, 3 anos, atendido há um mês com dor abdominal e vômitos e liberado com medicação sintomática. Os sintomas se mantiveram de forma intermitente. Há 8 horas sofreu queda da própria altura na creche e, ao chegar em casa, queixa-se de dor abdominal e apresenta urina avermelhada, retornando ao médico com sua mãe, Gilda. Exame físico: atitude antálgica, com reflexão de tronco sobre abdome, FC 100bpm, FR 30irpm, T.ax 36,2°C, PA 100x60mmHg, peso 14kg; palidez cutaneomucosa (==/4), hidratado, anictérico, acianótico; abdome globoso, doloroso à palpação superficial e profunda, massa palpável em flanco esquerdo, com aproximadamente 5x8 cm, lisa e firme; punho-percussão negativa, genitália normal, discretas equimoses em regiões pré-tibiais, ausência de edemas. Exames laboratoriais: Ht 25%, Hb 8,6 mg/dl, plaquetas 318.000/mm³, leucócitos totais 9.200/mm³, eosinófilos 5%, bastões 1%, neutrófilos 52%, linfócitos 39%, monócitos 3%. Urina: cor avermelhada, pH 7,0, proteína negativa, 20 a 30 hemácias por campo, 4 a 6 piócitos por campo, raros cilindros hemáticos, nitrito negativo. O exame que esclarece o diagnóstico é:

A
cintilografia
B
ultrassonografia abdominal
C
uretrocistografia miccional
D
radiografia simples do abdome
A alteração do ciclo menstrual é uma das principais causas de consulta ginecológica. Acerca desse tema, julgue o item subsequente. A síndrome de Savage é caracterizada por amenorreia primária de causa ovariana em decorrência da deficiência de receptores para o hormônio folículo estimulante (FSH).
Assistência adequada ao parto é fundamental para o bom prognóstico materno-fetal. Acerca desse assunto julgue o item que se segue. A episiotomia é uma incisão realizada na vagina e períneo com objetivo de alargar a passagem do feto durante o trabalho de parto e, quando indicada, deve ser executada após o pólo fetal distender o períneo e lesar superficialmente a pele.
A partir de 2002 a organização mundial da saúde vem recomendando uma solução que, comparada com a solução de reidratação oral tradicionalmente utilizada desde a década de 1980, apresenta:
Paciente de 25 anos procurou atendimento com médico com náuseas, vômitos, icterícia, dor abdominal em hipocôndrio D e febre de instalação há cinco dias. Durante esse período fez uso de paracetamol e vários anti-inflamatórios para alívio da febre. Os exames laboratoriais mostram: HBsAg negativo, Anti-HbC IgM negativo, Anti-HbC IgG positivo, Anti-Hbs positivo, anti-HVA IgG positivo, TGP 500 U/L (limite superior da normalidade: 40 U/L), TGO 346 U/L (limite superior da normalidade: 36 U/L). O ultrassom abdominal é compatível com hepatomegalia. Qual o diagnóstico mais provável?
Compartilhar