Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Quanto à anovulação crônica é incorreto afirmar:

A
As pacientes com síndrome de ovários policísticos e obesas podem apresentar intolerância a glicose.
B
A acantose Nigricans é considerada um marcador de resistência à insulina nas mulheres hirsutas.
C
Nas pacientes anovulatórias crônicas, a elevação persistente dos níveis de estrogênios não interrompidos por progesterona aumenta o risco de carcinoma endometrial.
D
A redução de peso nas pacientes obesas com síndrome de ovários policísticos pode afetar positivamente as normalidades menstruais e o hirsutismo.
E
Os contraceptivos orais são pouco eficazes por diminuir a produção ovariana de androgênios e também diminuem os níveis circulantes de globulina transportadora de hormônios sexuais.
Uma senhora de 48 anos, portadora de infecção urinária há 1 ano, vem à consulta médica portando um RX de abdome onde se evidencia um cálculo medindo 3 cm, com baixa densidade e formato da pelve e cálices renais, em topografia de rim direito. A urinálise apresenta pH 7 e piúria e a urocultura apresenta Proteus mirabilis. Qual a hipótese mais provável para a composição da urolitíase?
O sinal clínico que mais diferencia o linfedema do lipedema (lipodistrofia) de membros inferiores é:
<p>Paciente masculino, 30 anos, submetido à apendicectomia por apendicite aguda perfurada com abscesso pélvico por via laparotômica há 15 dias. Recebeu alta no quinto dia pós-operatório. Há 4 dias vem apresentando febre de 38,9ºC e abaulamento da ferida, com hiperemia. A ultrassonografia do abdome mostra edema e espessamento da parede no local da incisão de McBurney com ar no subcutâneo. Assinale a alternativa que apresenta o diagnóstico mais provável e a conduta recomendada: </p>
Um lactente de 10 meses apresenta lesão eritematosa na região perineal há 3 dias, associada ao aumento do número de evacuações e fezes líquidas. As lesões acometem as áreas convexas com eritema intenso e poupam as pregas inguinais. Com base nos dados apresentados, assinale a alternativa CORRETA sobre o diagnóstico e o tratamento:
Compartilhar