Questões na prática

Dermatologia

Dentre as alternativas abaixo, qual é fator reconhecidamente de pior prognóstico para o carcinoma epidermoide na cabeça e pescoço e justifica uma maior agressividade na tratamento adjuvante:

A
Micrometástase cervical.
B
Ruptura capsular em linfonodo metastático.
C
Tumor pouco diferenciado.
D
Perda da expressão da proteína p53.
Paciente, sexo masculino, 60 anos, com diagnóstico prévio de cirrose hepática por hepatopatia alcoólica, é internado com dor abdominal e febre. Ao exame físico, apresentava-se com sinal do piparote e com sinal de descompressão brusca dolorosa. Foi realizada paracentese em que a análise do líquido ascítico revelou: albumina 0,6 g/dl; 750 células, com 70% de polimorfonucleares. A conduta apropriada para esse caso é:
Dentre as síndromes falciformes, a hemoglobinopatia SC tem um comportamento clínico mais brando do que a hemoglobinopatia SS. Duas situações clínicas são mais frequentes na hemoglobinopatia SC:
Paciente do sexo feminino, de 33 anos, há um mês apresenta edema progressivo de membros inferiores e face. Na avaliação feita no CAIS, foram observadas, no exame de urina, hematúria ++/4, leucocitúria +/4 e proteinúria +++/4. A investigação laboratorial de causa secundária mais importante para o caso é:
BSC, de 65 anos, sexo masculino, tem quadro arrastado (seis meses) de alteração da força muscular, que iniciou na perna esquerda, com dificuldades de levantar o pé e, após três meses, a outra perna também estava fraca. Há um mês, os sintomas pioraram, aparecendo fraqueza do braço esquerdo e alteração da voz. Ao exame, notam-se atrofia muscular, sensibilidade normal, hiperreflexia global a fasciculação. O diagnóstico do quadro descrito é:
Compartilhar