Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Dentre as medicações abaixo, qual fármaco não opioide é considerado de primeira linha para a dor neuropática?

A
Prednisona.
B
Nortriptilina.
C
Paracetamol.
D
Indometacina.
E
Ibuprofeno.
Januária, 24 anos, realizou, há 18 meses, cirurgia de derivação gástrica em Y de Roux por via laparoscópica devido à obesidade mórbida. No 3° dia de pós-operatório apresentou taquicardia e desconforto abdominal e, no dia seguinte, observou-se drenagem de secreção biliosa pela ferida operatória. Teve alta após o controle da complicação acima e desde então, perdeu 25 kg. Nega outras patologias. Há um mês com astenia intensa, dificuldade de deambular, sudorese e vômitos frequentes no período pós-prandial. Intolerância à ingestão de carne bovina. Nega uso de medicações. Em amenorreia há 6 meses. Ao exame ginecológico, observa-se muco cervical abundante fluido e cristalino, com filância de 8 cm. O quadro apresentado requer:
Leila, 39 anos, notou aumento da mama com endurecimento focal, calor e rubor há 4 meses. Automedicou-se com pomadas, sem melhora. Há 2 semanas surgiram febre e ulceração em mama, com saída de secreção purulenta. A mamografia revela “classificação de Bi-rads 4’’. Cybele amiga de Leila tem 45 anos e apresenta sangramento uterino anormal. Aproveita a consulta para mostrar o resultado do seu preventivo, cujo laudo foi AGUS (Atipias em Células Glandulares de Significado Indeterminado) com processo inflamatório. A conduta é fazer:
Criança com 12 anos de idade apresenta quadro de coriza, dor de garganta, febre e tosse seca acentuada. No exame físico apresenta FR de 40 irpm e raros sibilos. Radiografia de tórax mostrou infiltrado intersticial nos campos médios dos dois pulmões com pequenas áreas de densidade homogênea. Assinale o item CORRETO:
O desvio mais comum nas fraturas supracondilianas de úmero em crianças é:
Compartilhar