Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pneumologia

Doenças Respiratórias

Derrame pleural com quadro evolutivo rápido, exame radiológico de pneumatoceles, derrame pleural e abscesso pulmonar, em lactente de 6 meses, com broncopneumonia e estado geral comprometido; trata-se de infecção causada mais provavelmente por:

A
staphylococcus aureus.
B
estreptococo beta-hemolítico do grupo A.
C
haemophilus influenzae do tipo B.
D
mycoplasma pneumoniae.
E
pseudomonas aeruginosa.
Em relação à colestase no período neonatal, responda de acordo com as afirmações abaixo: I- A atresia biliar é a doença crônica hepática que mais frequentemente afeta as crianças, e é a causa mais comum de colestase neonatal. II- A atresia biliar se manifesta nos primeiros meses de vida e, se não tratada precocemente, evolui para colestase crônica, cirrose biliar e óbito em até 2 anos. III- Na atresia biliar, a idade do paciente por ocasião da cirurgia tem sido, comprovadamente, um importante fator prognóstico. Obtém-se o melhor resultado quando a cirurgia é realizada antes dos 60 dias de vida. IV- Na atresia biliar pelas características da doença o transplante hepático está contraindicado.
Francisca Ribeiro, 26 anos, procurou a Unidade Básica de Saúde queixando­-se de febre alta, de início abrupto há três dias, com cefaleia intensa, mal­-estar, dor retro­-orbitária, náuseas, vômitos ocasionais e dois episódios de evacuações líquidas. Paciente na 29ª semana de gestação, sem sangramento por via vaginal. Durante a avaliação diagnóstica, o médico realizou o seguinte exame: com a paciente deitada, insuflou o manguito do esfigmomanômetro até 150mmHg por três minutos. A seguir, desinsuflou o manguito e, num quadrado de 2,5cm por 2,5cm, não observou nenhuma petéquia. Marque a opção ERRADA:
Após acidente automobilístico, uma paciente é encaminhada ao centro cirúrgico em caráter de urgência para drenagem de hematoma subaracnoideo em expansão. Na admissão, a paciente estava inconsciente e não apresentava outros achados além de miose bilateral, e Glasgow 8. As radiografias de rotina do politraumatizado eram normais. Durante a cirurgia, desenvolve hipotensão persistente. O que fazer?
Paciente idoso, dependente de familiares para ingestão de água e alimentos, é trazido para realização de desbridamento na região do pé, foram solicitados exames pré-operatórios e constatado sódio sérico de 172 mEq/L, a correção rápida deste íon pode resultar em:
Compartilhar